F1: Pilotos de testes dominam primeiro dia em Nurburgring

Três pilotos de testes registraram os três melhores tempos dos treinos livres combinados para o Grande Prêmio da Europa de Fórmula 1, em Nurburgring, na Alemanha. Alexander Wurz, da Williams, foi o mais veloz deles, com uma marca de 1min32s079, seguido por Anthony Davidson, da Honda, e Robert Kubica, da BMW.

O panorama já comum nos treinos livres de sexta-feira mostra que as equipes poupam os motores dos pilotos titulares para as sessões realmente válidas para a prova, já que cada propulsor tem que durar duas corridas.

Dessa forma, o número de pilotos titulares que chegaram na casa de 1:32 ficou limitado a Michael Schumacher, da Ferrari, que aparece com a quarta melhor marca dos treinos combinados (1min32s858). Depois dele, Robert Doornbos, da Red Bull, encerra os carros que ficaram no mesmo segundo, com 1:32.944.

Entre os brasileiros, o melhor foi Rubens Barrichello, da Honda, que aparece com 1:34.213, o 11º tempo, quase um segundo atrás de seu companheiro de equipe, o inglês Jenson Button, que com 1:33.635 foi o sétimo mais rápido.

Felipe Massa, da Ferrari, também ficou bastante atrás de seu companheiro Schumacher. O brasileiro registrou 1:34.546, aparecendo em 15º lugar.

O atual campeão da categoria, Fernando Alonso, da Renault, foi o segundo melhor titular nos tempos combinados, aparecendo em sexto, com Doornbos entre ele e Schumacher. A marca do espanhol ficou em 1:33.579. Seu companheiro, Giancarlo Fisichella, foi o nono, com 1:34.030.

Kimi Raikkonen, da McLaren, o terceiro colocado no Mundial de Pilotos (atrás de Alonso e Schumacher), resolveu não arriscar seu motor – uma das principais dores de cabeça da equipe, devido à falta de confiabilidade -, completou somente 13 voltas na segunda sessão e aparece em 13º da sexta-feira, com 1:34.402.

Uma das novidades deste fim de semana é o novo piloto da caçula das equipes, a Super Aguri. O francês Franck Montagny assumiu o posto de Yuji Ide que, a pedido da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), será piloto de testes do time japonês e só voltará a competir quando ganhar mais quilometragem na categoria. Montagny foi o último piloto dos treinos, com 1:36.665, uma marca próxima da de seu companheiro, o mais experiente Takuma Sato (1:36.255).

O único piloto que não registrou volta rápida foi Jarno Trulli, da Toyota.

Confira os tempos desta sexta-feira:
1.) Alexander Wurz – Williams/Cosworth, 1min32s079
2.) Anthony Davidson – Honda, 1min32s399
3.) Robert Kubica – BMW Sauber, 1min32s852
4.) Michael Schumacher – Ferrari, 1min32s858
5.) Robert Doornbos – Red Bull/Ferrari, 1min32s944
6.) Fernando Alonso – Renault, 1min33s579
7.) Jenson Button – Honda, 1min33s635
8.) Ralf Schumacher – Toyota, 1min33s883
9.) Giancarlo Fisichella – Renault, 1min34s030
10.) Adrian Sutil – Midland/Toyota, 1min34s179
11.) Rubens Barrichello – Honda, 1min34s213
12.) Nico Rosberg – Williams/Cosworth, 1min34s215
13.) Kimi Räikkönen – McLaren/Mercedes, 1min34s402
14.) Christijan Alberts – Midland/Toyota, 1min34s472
15.) Felipe Massa – Ferrari, 1min34s546
16.) Mark Webber – Williams/Cosworth, 1min34s825
17.) Juan Pablo Montoya – McLaren/Mercedes, 1min34s968
18.) Christian Klien – Red Bull/Ferrari, 1min35s066
19.) David Coulthard – Red Bull/Ferrari, 1min35s241
20.) Nick Heidfeld – BMW Sauber, 1min35s308
21.) Neel Jani – Toro Rosso/Cosworth, 1min35s365
22.) Vitantonio Liuzzi – Toro Rosso/Cosworth, 1min35s406
23.) Scott Speed – Toro Rosso/Cosworth, 1min35s612
24.) Jacques Villeneuve – BMW Sauber, 1min35s688
25.) Tiago Monteiro – Midland/Toyota, 1min35s902
26.) Takuma Sato – Super Aguri/Honda, 1min36s255
27.) Franck Montagny – Super Aguri/Honda, 1min36s665
28.) Jarno Trulli – Toyota, sem tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *