F1: Por pontos, Massa promete ser ‘rápido e agressivo’

A sete pontos de Lewis Hamilton, líder do Mundial, Felipe Massa chegou apenas em quinto lugar no treino classificatório para o Grande Prêmio do Japão, realizado neste sábado, e viu o concorrente da McLaren garantir a pole.

“Tem que tentar fazer uma boa largada, ser rápido e não perder as chances que aparecerem. É importante marcar pontos, independente de quantos forem. Tenho que ser rápido e agressivo pensando nos pontos”, afirmou Massa.


O brasileiro admitiu uma certa decepção em relação ao seu desempenho no treino. “Você fica chateado quando não consegue tirar o melhor do carro. Se tivesse feito uma boa volta e ficado em quinto, seria diferente”, declarou Massa, que quebrou o recorde da pista na segunda sessão.


Por outro lado, o piloto da Ferrari acredita na possibilidade de fazer ultrapassagens em Fuji. “Não é fácil, mas é possível fazer ultrapassagens. É melhor do que muitas pistas do campeonato e a possibilidade existe”.


Massa admite que sua relação com o finlandês Kimi Raikkonen é apenas profissional. No entanto, reconhece a importância do companheiro que larga ao lado de Lewis Hamilton na primeira fila. “Se ele ganhar a primeira posição, seria bom e importante para o campeonato”.


Para completar, Massa ainda está em desvantagem em relação a Heikki Kovalainen. Parceiro de Hamilton na McLaren, ele larga em terceiro. “É um prejuízo começar atrás do companheiro do competidor. Quem sabe não conseguimos passar, talvez na pista ou na estratégia”.


Felipe Massa fez questão de deixar claro que ainda acredita no título. “Bem, com certeza a chance ainda existe. Temos 30 pontos diante de nós. Hoje o resultado não foi bom, mas isso não significa que amanhã será igual”.


Fonte:  Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *