Truck: Cirino e Piquet foram alguns dos prejudicados pela chuva na capital paranaense

A chuva fina que caiu em Curitiba na tarde de hoje (sábado), definiu o grid de largada da oitava etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, que será realizada amanhã, a partir das 13h20, no autódromo da capital paranaense. Os pilotos da Scania, os primeiros a irem à pista, foram beneficiados porque puderam realizar suas voltas classificatórias com pista seca e largarão na primeira fila. O pernambucano Beto Monteiro será o pole position, com o tempo de 1m41s159, e o paulista Roberval Andrade será o segundo colocado, ficando 28 milésimos de segundos atrás de Monteiro.

À medida que a chuva ia aumentando a pista ficava mais escorregadia e os tempos pioravam. Os pilotos da ABF/Mercedes-Benz ficaram no bloco intermediário e não tiveram tempo de colocar pneus para chuva e mudar o acerto de seus caminhões. Geraldo largará em sétimo e Cirino em 12º.

O argentino Gaston Mazzacane, com um Mercedes-Benz, largará em terceiro, se classificando à frente de Fabiano Brito (PR), Valmir Hisgué Benavides (SP), Adilson Cajuru (SP), Geraldo Piquet (DF), Leandro Totti (PR), Djalma Fogaça (SP) e Vinicius Ramires (SP), que pela ordem, fecham as 10 primeiras colocações do grid de largada.

Geraldo Piquet, o oitavo piloto a entrar na pista, disse que teve um pouco de sorte porque a chuva estava começando. “Dava para largar um pouco mais à frente, mas travei os freios e perdi tempo. A volta de aquecimento não foi suficiente para aquecer os freios”, informou Piquet.

Para a corrida, Piquet diz que vai em busca de pontos para manter a vice-liderança do campeonato, adiantando que prefere pista seca. “Meu caminhão está bem acertado para pista seca”, destacou Piquet.

Wellington Cirino frisou que teve a infelicidade da chuva cair no momento que ia para a pista não tendo tempo para trocar de pneus. “Alguns pilotos tiveram tempo para trocar pneus e fazer acertos para a chuva. Vamos fazer uma corrida de recuperação e fazer o maior número de pontos possíveis”, diz Cirino, acrescentando que tanto faz a corrida ser com sol ou com chuva porque as condições serão iguais para todos.

Cirino lidera o campeonato, com 123 pontos, 18 a mais do que seu companheiro de equipe Geraldo Piquet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *