GT3 Brasil: Atuais campeões podem recuperar a liderança neste domingo em Santa Cruz

Os atuais campeões da GT3 ficaram mais próximos da liderança da GT3 Brasil depois dos treinos classificatórios da rodada dupla – 11ª e 12ª etapas – deste sábado em Santa Cruz do Sul. Com a pole position de Andreas Mattheis na primeira corrida e o segundo lugar de Xandy Negrão (Medley) no complemento da programação, a dupla tem tudo para ultrapassar os líderes Walter Salles e Ricardo Rosset, que partirão em segundo e quarto lugares. O paraibano Valdeno Brito, confirmando a boa expectativa que cercava o desempenho do Porsche 997 no interior gaúcho, sairá na frente na segunda prova.

A pista úmida apenas acirrou o duelo particular entre os pilotos do Ford GT na primeira tomada classificatória. Depois de diversas trocas de posição com Salles, Mattheis estabeleceu a volta mais rápida nos segundos finais. Foi a pole mais sofrida das cinco poles conquistadas pela parceria em 2008. Mattheis completou 14 voltas nos 20 minutos da sessão, número bem acima da média da Equipe Medley. Mesmo assim, Mattheis minimizou o impacto do qualifying no consumo dos pneus na corrida de amanhã. “Andei várias voltas em ritmo bem mais lento. Além disso, o asfalto daqui não é abrasivo e o desgaste é menor que em outros circuitos. Quatorze voltas em Santa Cruz correspondem a cerca de cinco em pistas que gastam mais”, comparou.

A segunda tomada começou com grande atraso por causa do acidente com a Ferrari de Renato Catalini no finalzinho da primeira. O carro varou a barreira de pneus e estacionou no barranco com a traseira para cima. Enquanto os pilotos esperavam a liberação da pista, o tempo piorou e trouxe a garoa de volta, além de provocar congestionamento na saída dos boxes. Negrão, Ricardo Rosset e Valdeno, o mais rápido dos três, se alternaram na ponta até o encerramento da prática.

“Entramos com regulagens de chuva e não deu muito certo. Amolecemos as suspensões e o carro começou a levantar demais a traseira nas curvas, principalmente na entrada do Esse de alta”, explicou Negrão, que nem esperou pela bandeira quadriculada para recolher o carro aos boxes e preferiu economizar os pneus para a sua corrida. “Mas, olhando pelo campeonato, está bom. Estamos saindo à frente de nossos principais adversários”, lembrou.

A 11ª etapa está marcada para as 10h35. A prova terá uma hora de duração e troca obrigatória de pilotos entre o 24º e o 37º minuto; a segunda, com o mesmo formato, será começará às 15h25. Walter Salles e Ricardo Rosset lideram o campeonato com 62 pontos, um a mais que Xandy Negrão e Ricardo Rosset, que assumiram a ponta da tabela na última etapa no Rio de Janeiro.

O grid da rodada dupla de Santa Cruz do Sul ficou assim:

Grid da 11ª etapa:
1º) Andreas Mattheis (FG) em 1min21s748, média de 155,45 Km/h
2º) Walter Salles (FG) 1min22s223
3º) Norberto Gresse (P9) 1min22s460
4º) Paulo Bonifacio (LG) 1min22s744
5º) Alceu Feldmann (VC) 1min23s185
6º) Fabio Ebrahim (VC) 1min23s329
7º) Duda Rosa (F4) 1min23s533
8º) Elias Nascimento (VC) 1min23s579
9º) Ramon Matias (VC) 1min23s758
10º) Renato Cattalini (F4) 1min24s582
11º) Rafael Derani (F4) 1min24s917
12º) Antonio Hermann (P9) 1min27s581
13º) Cesar Urnhani (F4) 1min27s622
14º) Walter Derani (F4) 1min47s513

Grid da 12ª etapa:
1º) Valdeno Brito (P9) em 1min19s089, média de 160,67 Km/h
2º) Xandy Negrão (FG) 1min19s750
3º) Ingo Hoffmann (LG) 1min19s801
4º) Ricardo Rosset (FG) 1min19s891
5º) Claudio Ricci (F4) 1min20s689
6º) Allam Khodair (F4) 1min20s764
7º) Giuliano Losacco (F4) 1min20s927
8º) Daniel Landi (VC) 1min20s980
9º) Wagner Ebrahim (VC) 1min21s285
10º) Leonardo Burti (VC) 1min21s823
11º) Matheus Stumpf (VC) 1min22s299
12º) Wilson Fittipaldi (P9) 1min23s202
13º) Sergio Lucio (F4) 1min23s204

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *