F1: ‘Prejudicada’, BMW Sauber reforça protesto contra difusores

Equipe do polonês Robert Kubica e do alemão Nick Heidfeld, a BMW Sauber decidiu unir-se a Ferrari, Red Bull e Renault no protesto contra os difusores utilizados pela Brawn GP, Williams e Toyota. O caso vai ser julgado no próximo dia 14 de maio pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

“Queremos ser ouvidos pela corte de apelações. Estamos nos unindo a este caso como uma parte prejudicada”, disse Mario Theissen, diretor esportivo da equipe, em entrevista à revista Autosport. “Ainda está em aberto o que vamos fazer lá”, avisou.

Nos paddocks de Sepang, Theissen foi visto conversando com dirigentes da Ferrari, provavelmente para definir o argumento daqueles que se sentem prejudicados. Na verdade, a intenção da escuderia alemã era protestar já em Melbourne, mas o time perdeu o prazo da entrega dos documentos.

Na pista, o desempenho da BMW Sauber nesta sexta foi terrível, com os dois carros figurando nas últimas posições.

Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *