F1: Primeira mudança de motores não será punida, diz FIA

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) liberou as equipes para realizarem uma troca de motores nesta temporada. Desde a introdução dos aparatos mecânicos de longa durabilidade, a entidade estabeleceu que aqueles que fizessem tal alteração durante os treinos perdiam 10 posições, enquanto uma troca ao longo da qualificação mandava o piloto direto para o fim do grid.

No entanto, após uma reunião entre FIA e equipes na semana passada, em Paris, ficou decidido que as equipes poderão ficar à vontade para trocar seus aparatos mecânicos, ainda que seja apenas uma única vez.


“Foi estabelecido que cada equipe terá uma quebra de motor por carro durante a temporada de 2008 que não será penalizada. Será a primeira quebra sofrida por cada carro”, disse o presidente da entidade, Max Mosley, através de um comunicado.


Para ser ratificada, a proposta deve passar ainda pelo Conselho Mundial da FIA, que votará a questão em breve.


Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *