F1: Raikkonen esnoba KERS e nega sofrer pressão na Ferrari

Além das disputas dentro das pistas, este início de ano da Fórmula 1 também ficou marcado pelos confrontos nos bastidores. Tudo isso causado pelos famigerados difusores e sistema KERS, que foram acusados de gerar uma competição desigual pelas equipes que não usavam os aparelos. Entretanto, para Kimi Raikkonen, da Ferrari, isso não é verdade.

“Pra nós, não é muito diferente correr com ou sem KERS. Mas, felizmente teremos novas partes do difusor na corrida de Barcelona”, afirmou o Finlandês, campeão mundial no ano de 2007, em alusão ao GP espanhol do dia 10 de maio.

Mesmo sem pontuar até agora no torneio, Raikkonen afirma que a situação não é tão ruim e que dias melhores virão para os italianos, que amargam a lanterna do mundial de construtores. Além disso, ele também acredita que sua escuderia não está tão atras da líder Brawn GP.

“Claro que eu quero marcar pontos, mas eu não sinto nenhuma pressão. Tentamos dar nosso melhor a cada corrida mas, infelizmente, não pontuamos até agora. Estamos provavelmente um secundo atrás deles (Brawn GP). Estamos mirando o primeiro lugar, mas não é fácil , porque todos também querem isso, mas tenho certeza que chegaremos mais perto na próxima corrida”, completou o piloto.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *