F1: Raikkonen rebate: estou mais motivado do que nunca

Atual campeão do mundo, Kimi Raikkonen rebateu as críticas e disse que seu baixo rendimento na Ferrari durante a temporada não é resultado de falta de motivação, mas sim de um acúmulo de contratempos, principalmente nos Grandes Prêmios disputados em circuitos urbanos.

“Se alguém tem dúvidas sobre minha motivação, que tenha. O único que eu posso dizer é que, agora mesmo, estou mais motivado do que nunca”, afirmou o piloto em seu site na Internet. “A vida seria muito mais fácil se você pudesse ganhar sempre, mas às vezes as coisas não acontecem como você quer, por mais que você tente“, completou.


No Grande Prêmio da Europa, disputado em Valência, no último domingo, Raikkonen atropelou um mecânico e deixou a prova após sofrer problemas no motor. Ao fazer um balanço de suas piores corridas, o piloto constatou que na maioria delas acabou ficando sem saída.


Em Melbourne e Valência, foi obrigado a abandonar em função de problemas mecânicos. Em Mônaco, bateu no alemão Adrian Sutil. Já em Montreal teve o mesmo problema com Lewis Hamilton, no pit lane. Apesar de tudo, Raikkonen ainda acredita na possibilidade de conquistar o bicampeonato.


“Isso ainda não acabou. Vou seguir lutando para conseguir os resultados que quero. Ainda falta um terço do campeonato e isso é suficiente para contra-atacar”, assegurou. O finlandês deposita sua confiança no circuito belga de Spa, que recebe a Fórmula 1 no dia 7 de setembro.


“É o melhor de todos os circuitos e, com um pouco de sorte, finalmente seremos capazes de fazer o carro funcionar como eu quero”, declarou Raikkonen, terceiro colocado na classificação, 13 pontos atrás do líder Hamilton e a sete de seu companheiro Felipe Massa.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *