F1: Ralf Schumacher defende irmão dos ataques de Alonso

O alemão Ralf Schumacher, da Toyota, saiu em defesa de seu irmão Michael, da Ferrari, que foi chamado de antidesportista pelo espanhol Fernando Alonso na semana passada.

Quanto ao protesto apresentado contra Alonso por ter bloqueado a passagem de Felipe Massa no treino classificatório para o GP da Itália, Ralf disse se tratar de “decisões da Ferrari, não de meu irmão”.

Na ocasião, o espanhol foi punido pela FIA e caiu da quinta para a décima colocação no grid de largada da prova.

“Posso entender sua situação após perder grande parte de sua vantagem na temporada. Porém, também acredito que não deveria levar as coisas tão a sério”, disse Ralf em relação a Fernando Alonso.

Fonte: Lancepress!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *