F1: Red Bull nega interesse, mas não descarta Hamilton

No dia em que comemorou a renovação de contrato com Sebastian Vettel até 2014, o chefe de equipe da Red Bull, Christian Horner, não descartou a futura chegada do ex-campeão mundial Lewis Hamilton, da McLaren.

Ao jornal inglês The Telegraph, o dirigente da escuderia austríaca deu indícios de que a transferência do piloto não seria tão improvável, apesar de ele ainda ter duas temporadas de contrato com o time de Woking.

Inicialmente, Horner afirmou que qualquer agente de pilotos bateria na porta da equipe – nesta segunda-feira, curiosamente, Hamilton acertou parceria com a XIX Entertainment, empresa de Simon Fuller, criador do ‘American Idol’, após passar 2010 sem um gerenciador de sua carreira.

Na sequência, o dirigente da Red Bull ainda enalteceu a qualidade do piloto inglês, chamando-o de fantástico, e acrescentou que ele não ficaria feliz se tivesse outra temporada pouco competitiva na McLaren – campeão em 2008, Hamilton ficou apenas em quinto no Mundial de Pilotos de 2009 e em quarto no de 2010.

No entanto, na mesma entrevista, Horner negou que tenha interesse na aquisição imediata de Hamilton e se disse satisfeito com a sua dupla atual de pilotos – Vettel e o australiano Mark Webber, que tem contrato com a equipe apenas para este ano.

Porém, quando questionado se a Red Bull conseguiria administrar a parceria entre dois campeões mundiais (Hamilton e Vettel), o dirigente disse que teria trabalho, mas que sempre quer ter os melhores pilotos do grid.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *