F1: Ross Brawn: “Estamos a um segundo de onde queremos estar”

O chefe da Mercedes GP, Ross Brawn, admitiu nesta sexta-feira que o desempenho da equipe ainda deixa a desejar na temporada 2011.

Porém, o dirigente acredita que as mudanças no novo carro da equipe para os testes de Barcelona, antes do GP de Melbourne, possam colocá-lo mais rápido na pista e chegando na frente.

“No último teste de Barcelona, corremos com pouco combustível e pneus super macios e fomos o segundo carro mais rápido. Mas não acho que esta seja nossa posição em termos gerais”, declarou em entrevista ao programa BBC Radio 5 Live.

“Estamos a um segundo de onde queremos estar, e nós queremos estar na frente. Então temos que melhorar esse um segundo, o que nós acreditamos que podemos fazer. Mas nunca se sabe o que os outros podem fazer também, todos terão inovações em Barcelona”, acrescentou.

O chefe da escuderia, porém, foi cauteloso em relação ao desempenho das equipes em sua análise. “Se alguém vier com alguma inovação radical que nenhum dos outros times pensaram, então as coisas podem mudar. É divertido especular neste momento, mas é muito difícil”, concluiu.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *