F1: Rubens Barrichello leva a Williams aos pontos em Mônaco

Brasileiro chegou entre os dez primeiros em GP muito agitado

O Grande Prêmio de Mônaco foi uma corrida quente e disputada, e a estratégia das equipes determinou o resultado da sexta etapa da categoria. Rubens Barrichello fez apenas duas paradas no box, manteve-se a maior parte da prova na briga por pontos, mesmo sendo prejudicado pela entrada do safety car. Rubens marcou os primeiros pontos do ano da equipe Williams na temporada.

“Com seis voltas do fim, pensei que o décimo lugar seria o melhor resultado que iríamos conseguir hoje. Acabei em nono, mas não da maneira como eu gostaria, nas custas do meu companheiro de equipe ter saído. Perdemos alguns pontos muito bons para a equipe de modo que é decepcionante. Eu estou feliz que quebrei a minha maré de azar. O safety car não nos ajudou,e a nossa estratégia de uma parada, teria funcionado bem se eu não tivesse acabado de fazer meu pit stop antes dele entrar. Há pontos positivos e negativos hoje, mas sem dúvida o positivo é que marcamos alguns pontos”, disse Barrichello.

O vencedor da corrida foi o alemão Sebastian Vettel da Red Bull. A Fórmula 1 volta daqui duas semanas no dia 12 de junho para o GP do Canadá, com o início da corrida às 14h (horário de Brasília).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *