F1: Rubens diz ter ‘ótimas lembranças’ da pista de Xangai

Brasileiro venceu a corrida de 2004 quando o circuito estreava no calendário.

Rubens Barrichello foi o primeiro vencedor do GP da China, em 2004, quando o circuito de Xangai passou a fazer parte do calendário da Fórmula 1. A etapa, que mudou da “fase final” para o início da temporada, sendo a terceira corrida de 2009 é considerada pelo piloto da Brawn GP como uma que trás boas lembranças e bons desafios pela frente com o BGP 001. Barrichello, atual vice-líder do campeonato, apenas 5 pontos atrás do companheiro Jenson Button, também ressaltou as adversárias de sua equipe nesse final de semana.

1) Você gosta das características do circuito da China?
O circuito é incrível se pensarmos que as linhas da traçado da pista formam o logotipo de Xangai. A infra-estrutura é muito boa, embora não podemos falar o mesmo do trânsito, que é duas vezes pior do que em São Paulo. Mas gosto muito do traçado .

2) O que o circuito de Xangai ajuda e o que dificulta para o acerto do BGP 001?
R: A combinação de curvas rápidas e lentas dificultam o acerto tanto mecânico, na busca de tração, quanto aerodinâmico para as curvas de alta velocidade. Isso é o que torna o circuito extremamente excitante e bom de guiar. Será muito interessante ver como será o desempenho do nosso carro nessa pista.

3) Quem você acredita que disputará com a Brawn na China?
R: Acredito ver uma Ferrari melhor por aqui, além da Toyota e Red Bull que devem andar bem também.

4) Você venceu o GP da China em 2004 na estréia da prova na F1. É bom retornar a uma pista que já obteve sucesso assim, quando largou na pole e venceu?
R: É sempre bom. Dá ainda mais vontade de ganhar novamente. Sem dúvida, a prova de 2004 me trás ótimas lembranças. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *