F1: Rubens larga em 12º, em treino marcado por forte acidente com Pérez

Piloto brasileiro diz que estratégia será decisiva para domingo

O Grande Premio de Mônaco de F1 voltou aos trabalhos nesse sábado (28), depois de uma pausa nos testes na sexta-feira – os treinos livres são na quinta – e a classificação oficial foi marcada pelo fortíssimo acidente envolvendo o piloto Sérgio Pérez, da Sauber. O jovem mexicano bateu na saída do túnel e se chocou fortemente com a mureta de proteção depois da chicane. Ele foi levado para o hospital, onde foi concluída uma consussão, mas, felizmente, não tem ferimentos graves.

Na disputa, Rubens Barrichello sentiu um pouco a falta de aderência do carro, provocado pelos pneus mais novos e fechou a classificação na 12ª posição do grid.

“O carro estava ok, mas parecia mais rápido com pneus mais velhos. Quando eu fui para pista com pneus novos, não tive a aderência que eu esperava. Essa foi a diferença e por isso hoje ficamos poucos décimos atrás. Preciso do carro no chão, o maximo possível. Isso é o que eu estou procurando. As estratégias vão estar em jogo amanhã em grande parte e serão decisivas. E nós todos esperamos que o Sergio esteja bem de saúde”, disse Barrichello.

O Grande Prêmio de Mônaco acontece neste domingo (29), às 9h (horário de Brasília), a sexta etapa da temporada 2011.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *