F1: Saída da Honda deixa brasileiros em situação difícil

O iminente anúncio da saída da Honda da Fórmula 1 afetará dois pilotos brasileiros, Rubens Barrichello e Bruno Senna, em situações desconfortáveis agora.

Barrichello ainda sonhava em continuar na categoria. Receberia um teste na próxima semana, em Jerez, na Espanha. Seria uma oportunidade para mostrar que mereceria seguir na equipe. Para isso, teria de derrotar Bruno, e por muito.

Enquanto isso, o novato teria uma chance de estrear na Fórmula 1 já em 2009, que era sua intenção. Na pior das hipóteses, viraria piloto de testes da Honda e estrearia certamente em 2010.

Ambos terão de ir atrás da Toro Rosso agora, time da Red Bull que já testou Sébastien Buemi, Sébastien Bourdais e Takuma Sato. Mas uma das vagas está quase garantida para Buemi.

Barrichello agora tem ainda menos chances de correr na próxima temporada. O mais experiente piloto da história da Fórmula 1 deve aposentar-se com o fim da equipe Honda.

Além disso, a Petrobras seria parceira da escuderia japonesa em 2009. Terá duas opções agora: voltar para a Williams ou sair da Fórmula 1.

Fonte: Tazio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *