F1: Sebastian Vettel vence em Monza

O alemão Sebastian Vettel (Red Bull) venceu neste domingo (08/09), o GP da Itália, em Monza, 12ª etapa da temporada. O espanhol Fernando Alonso (Ferrari) e o australiano Mark Webber (Red Bull) completaram o pódio.

Pole-position, Vettel dominou a prova, perdendo a liderança apenas na parada nos boxes, para troca de pneus. Nas voltas finais, a Red Bull pediu para Vettel e Webber terem cuidado com a caixa de marchas, o que não impediu a vitória do alemão.

Quinto no grid, Alonso alcançou o terceiro lugar na 3ª volta, em uma bela ultrapassagem sobre Webber, na chicane Roggia. Na sequencia, o brasileiro Felipe Massa, que de quarto passou para segunda na largada, não dificultou a passagem do parceiro de equipe. Naquele momento, Vettel já tinha seis segundos de vantagem.

Na parada nos boxes, Massa perdeu tempo, com Webber ganhando a terceira posição.

Vettel entrou nos boxes quatro voltas antes de Alonso. Quando o espanhol fez a parada, na 28ª volta, o tricampeão reassumiu a ponta, com dez segundos de vantagem.

Nas voltas finais, Alonso foi pressionado por Webber, pelo segundo lugar. Mas com as ordens da Red Bull, para poupar o equipamento, Alonso garantiu o segundo lugar.

Massa terminou em quarto, seguido pelos alemães Nico Hulkenberg (Sauber) e Nico Rosberg (Mercedes). O australiano Daniel Ricciardo (Toro Rosso) foi o 7º, seguido pelo francês Romain Grosjean (Lotus), que fez uma prova de recuperação. Logo na largada, Grosjean foi atingido na traseira pelo escocês Paul di Resta (Force India), que abandonou.

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) teve um pneu furado, e foi obrigado a fazer duas paradas. No final, fez um ótimo duelo com o finlandês Kimi Raikkonen (Lotus), pelo 9º lugar. Hamilton fez a volta mais rápida da prova: 1m25s849.

Raikkonen foi acertado pelo mexicano Sergio Pérez (Mercedes) na largada, e teve que fazer uma pit stop extra, para trocar a peça. No final, também foi superado pelo britânico Jenson Button (McLaren), ficando fora da zona de pontos.

Vettel lidera o campeonato com 222 pontos. Alonso em segundo soma 169, seguido por Hamilton com 141. Massa, com 79, é o sétimo.

A próxima etapa, o GP de Cingapura, acontece no dia 22 de setembro.

Final:

1) Sebastian Vettel (ALE/RBR)  1h18m33s352
2) Fernando Alonso (ESP/Ferrari) + 5s4
3) Mark Webber (AUS/RBR) + 6s3
4) Felipe Massa (BRA/Ferrari) + 9s3
5) Nico Hulkenberg (ALE/Sauber) + 10s3
6) Nico Rosberg (ALE/Mercedes) + 10s9
7) Daniel Ricciardo (AUS/STR) + 32s3
8) Romain Grosjean (FRA/Lotus) + 33s1
9) Lewis Hamilton (ING/Mercedes) + 33s5
10) Jenson Button (ING/McLaren) + 38s3
11) Kimi Raikkonen (FIN/Lotus) + 38s6
12) Sergio Pérez (MEX/McLaren) + 39s7
13) Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber) + 40s8
14) Pastor Maldonado (VEN/Williams) + 49s0
15) Valtteri Bottas (FIN/Williams) + 56s8
16) Adrian Sutil (ALE/Force India) + 1 Volta
17) Charles Pic (FRA/Caterham) + 1 Volta
18) Giedo van der Garde (HOL/Caterham) + 1 Volta
19) Jules Bianchi (FRA/Marussia) + 1 Volta
20) Max Chilton (ING/Marussia) + 1 Volta

Não completaram:
Jean-Eric Vergne (FRA/STR) – problemas no câmbio
Paul di Resta (ING/Force India) – choque com Grosjean

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *