F1: Segundo a imprensa inglesa, Hamilton pode tomar o lugar de Barrichello

A cada dia que passa, as consequências do ‘caso Hamilton’ ganham novos desdobramentos. O piloto, que teria facilitado a ultrapassagem de Jarno Trulli, da Toyota, enquanto o safety car estava na pista, durante o GP da Austrália, participará junto com a McLaren do Conselho Mundial da FIA, no próximo dia 29, e, segundo a imprensa inglesa, poderia substituir Rubens Barrichello na Brawn GP.

Isso porque, caso a escuderia inglesa for banida da categoria e Hamilton conseguisse provar a sua inocência, ele estaria livre para assinar com qualquer outra escuderia e, de acordo a mídia inglesa, a estreante Brawn aparece como uma das favoritas para contratar o atual campeão mundial.

“O futuro de Lewis (Hamilton) depende do que ocorrerá com a McLaren no Conselho Mundial da FIA. Se a equipe for suspensa do mundial de construtores, ele ainda poderia correr. Entretanto, se ela for expulsa, isso daria uma grande desculpa para ele e seu pai saírem de lá”, afirmou uma fonte ao jornal News of the World.

“A Brawn GP foi a única equipe mencionada e ainda há o fato de eles usarem motor da Mercedes, como a McLaren. Jenson Button está liderando o campeonato, então há chances de seu companheiro Rubens Barrichello ser cortado”, revelou a publicação.

Entretanto, para o ex-piloto Jackie Stewart, Ross Brawn faria um péssimo negócio em trocar o brasileiro pelo campeão mundial. “Ross Brawn vai mesmo trocar Barrichello pelo Lewis (Hamilton)? Rubens tem muita experiência, coisa que ainda falta para Lewis. E Ross (Brawn) precisa desse conhecimento no momento”, afirmou.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *