F1: Sutil insinua racismo a Lewis Hamilton por parte da FIA

Companheiro de equipe do inglês Lewis Hamilton nos tempos de Fórmula 3, o alemão Adrian Sutil, da Force India, insinuou nesta segunda-feira que o piloto da McLaren sofre com racismo por parte da FIA (Federação Internacional de Automobilismo). Para Sutil, as constantes punições da entidade máxima do automobilismo são severas demais com o atual campeão mundial.

“Sinceramente, não sei o motivo de tantas punições contra Hamilton. Pouco a pouco você começa a se perguntar por que sempre é contra ele. Será por causa da sua cor de pele?”, questionou o piloto da Force India à revista holandesa Race Report.

Hamilton já sofreu agressões racistas na temporada passada, quando se sagrou campeão mundial. No GP de Barcelona, o inglês acabou sendo insultado pelos torcedores de Fernando Alonso, que imitavam macacos. Neste ano, novamente, os fãs do bicampeão mundial ofenderam o piloto da McLaren na pré-temporada, realizada na cidade da Catalunha.

Em 2009, Lewis Hamilton foi desclassificado da abertura da temporada pelos comissários da FIA. No GP da Austrália, o atual campeão do mundo mentiu aos diretores de prova sobre a ultrapassagem do italiano Jarno Trulli, da Toyota, afirmando que o adversário o ultrapassou quando o safety car estava na pista. Entretanto, o inglês diminuiu a velocidade propositalmente para ser superado pelo tival.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *