F1: Sistema de punição da Fórmula 1 poderá ter revisão

Dereck Warwick, que já atuou como comissário de pilotos da FIA, diz que mudanças são pautas das reuniões deles na F-1

O dirigente revelou que uma mudanças nas normas que estão em vigor foi discutida durante encontro de comissários em Paris e algumas alterações podem chegar na categoria.

– Tivemos uma reunião do conselho em Paris, que eu fui com Charlie (Whiting) e saímos com algumas boas ideias. Se alguma coisa pode vir deles e eles podem ser introduzidos, eu não sei, isso é um novo processo, não adianta ter essas reuniões. Charlie vai embora, irá analisar isso e fazer recomendações. Existem algumas mudanças que podem vir ao longo dos próximos meses ou ano – disse Warwick, durante o evento.

– Há um código lá fora, mas eu nem sempre concordo com ele, um drive-through é muito duro para uma penalidade para alguns incidentes e não é duro o suficiente para outros. Ainda há espaço para ajustes – explicou.

– Havia algumas ideias para sair da reunião com todos os comissários permanentes que foram bastante interessantes. Charlie irá produzir uma agenda e dar a Jean (Todt), mas se eles podem ser introduzidas no próximo ano eu ainda não sei. Isso tudo é novo, não costumava ter essas reuniões.

Sem poder revelar muito sobre as mudanças que nas regras de punição que podem acontecer, Warwick utilizou exemplos passados para explicar em quais ocasiões as punições foram as mesmas, mas que em alguns casos a pena poderia ser mais severa ou mais tranquila.

– Existem penalidades herdadas ao longo do tempo. É um drive-through no Canadá, onde você perde cerca de 15s, o mesmo que em algum lugar como Abu Dhabi, por exemplo? – questionou.

Fonte: LANCENET!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *