F1: Super Aguri promete novo carro para o GP da França, em julho

A equipe estreante na Fórmula 1 Super Aguri estabeleceu o Grande Prêmio da França, em 16 de julho, como data para a estréia de seu novo carro.

A escuderia japonesa também pretende correr com um terceiro carro nas sextas-feiras a partir do Grande Prêmio da Europa, em Nuerburgring, na próxima semana, para suprir a falta de testes em outros locais.

“É uma solução mais efetiva na redução de custos”, disse à Reuters o diretor-financeiro Wayne Humphreys sobre o terceiro piloto, que deve ser anunciado nesta semana.

A Super Aguri tinha intenção original de lançar um novo carro em Ímola, porém depois adiou a programação.

“O Grande Prêmio da França é o nosso objetivo”, disse Humphreys. “Na verdade queremos o carro um pouco antes para podermos fazer alguns testes, provavelmente em Silverstone.”

Humphreys acrescentou que a equipe, que ainda não marcou pontos nesta temporada, espera ganhar três segundos por volta com o novo carro, o que lhe permitiria brigar com a Midland pelas últimas posições.

“É um carro totalmente novo”, disse ele. “Toda a traseira será nova, a base é o (Arrows) A23, mas muito modificado. Para ser honesto, não é mais um Arrows. Ficou irreconhecível como Arrows.”

A Super Aguri começou a temporada com uma versão atualizada de um carro de quatro anos atrás da Arrows comprado do ex-dono da Minardi, Paul Stodart.

A equipe ainda está avaliando a possibilidade de substituir o estreante japonês Yuji Ide depois de outra performance infeliz em Ímola, no domingo.

Entretanto, nenhuma decisão será tomada até o GP da Europa, a quinta etapa do campeonato de 2006.

Ide, 31, foi repreendido após o GP de San Marino, no domingo, quando bateu no Midland de Christijan Albers, fazendo com que o holandês capotasse cinco vezes e caísse de cabeça para baixo na brita.

Falando à Reuters antes da corrida, o gerente da equipe Daniele Audetto reconheceu que Ide estava tendo problemas e confirmou haver uma cláusula referente à performance em seu contrato.

“O segundo piloto tem que ter desempenho. Não queremos criar perigo ou um problema para outros pilotos”, disse ele. “Estamos levando em consideração uma possível substituição, mas isso não é nossa prioridade”.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *