F1: Tony George quer trazer F-1 de volta aos EUA, diz jornal

O empresário Tony George estaria tentando trazer a Fórmula 1 de volta aos Estados Unidos. Apesar de o empresário ter participação no mítico Circuito de Indianápolis, palco das tradicionais 500 Milhas, a corrida seria realizada em outra cidade, possivelmente em Nova York.

De acordo com o Indianapolis Business Journal, George esteve em Xangai a convite de Bernie Ecclestone, detentor dos direitos comerciais da Fórmula 1, para acompanhar o Grande Prêmio da China. Na viagem, o executivo também teria encontrado Zak Brown, representante de vários patrocinadores da principal categoria do automobilismo.

Segundo a publicação, Brown e outras fontes próximas a George garantiram que o empresário esteve na China para discutir uma possível volta da Fórmula 1 aos Estados Unidos. Ele teria até encontrado patrocinadores globais que poderiam investir em uma eventual corrida norte-americana.

O Circuito de Indianápolis recebeu a Fórmula 1 entre 2000 e 2007, mas foi descartado depois que George e Ecclestone não chegaram a um acordo financeiro. Na década de 1980, outras seis cidades norte-americanas abrigaram corridas da categoria.

Segundo o Indianapolis Business Journal, a prioridade de Ecclestone no caso de retornar aos Estados Unidos é realizar uma prova em Nova York. Neste contexto, Tony George poderia entrar no acordo e na organização da corrida, disse Zak Brown, que assumiu participação no encontro entre os dois empresários.

“O Tony tem muitos contatos no esporte a motor e sabe como colocar um Grande Prêmio nos Estados Unidos. Eu acho que se existir um papel para o Tony na tentativa de trazer a Fórmula 1 de volta para os Estados Unidos, ele estaria disposto a ajudar. O Tony e o Bernie têm uma relação muito boa, e o Tony tem muito interesse em ver a Fórmula 1 voltar aos Estados Unidos”, disse Brown.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *