F1: Toto Wolff abre as portas da Mercedes para Wehrlein

A Mercedes pode ter um velho conhecido de volta. Conforme entrevista dado pelo diretor austríaco Toto Wolff, a equipe estaria interessada em repatriar o alemão Pascal Wehrlein na posição de piloto reserva, podendo futuramente trazê-lo para os titulares.

Falando ao jornal alemão Sport Bild, Wolff afirmou que a Mercedes mantém o piloto em seu radar desde 2013 e que já ofereceu a proposta para ele voltar em 2018. O dirigente também elogiou a qualidade de Wehrlein e ressaltou que as portas da escuderia continuam abertas.

“Temos apoiado Pascal desde 2013 e ele fez por merecer sua chance na Fórmula 1 após seu título no DTM”, analisou Wolff.

“Depois disso, ele teve duas temporadas que não foram tão fáceis na Fórmula 1, com Manor e Sauber. Mas o manteremos em nossa família em 2018 e oferecemos uma vaga de piloto de testes na Mercedes para manter suas portas abertas na Fórmula 1 em 2019”, completou.

Atualmente, Wehrlein está sem equipes na Fórmula 1. Depois de testar para a Mercedes entre 2014 e 2015, ele correu pela categoria em 2016 e 2017, mas não se deu bem nas negociações com a Sauber, que preferiu trazer o monegasco Charles Leclerc para 2018. Além disso, Wehrlein não conseguiu um acordo com a Williams para o lugar de Felipe Massa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *