F1: Williams abandona os treinos em Barcelona

A Williams desistiu de participar dos treinos no circuito da Catalunha neste sábado após o acidente que o japonês Kazuki Nakajima sofreu na última sexta-feira.

O carro da escuderia inglesa teve problemas na asa que, apesar do esforço dos engenheiros, não puderam ser solucionados corretamente a tempo. Por isso, os dirigentes decidiram acertar o FW30 na fábrica da equipe de olho nos treinos de Jerez, na Espanha, semana que vem.

“Nós tivemos alguns problemas com a asa que não teríamos condições de resolver a tempo de continuar testando na Catalunha. Então, decidimos retornar para a fábrica, onde poderemos solucionar esta questão visando os testes de Jerez”, disse o diretor-técnico da Williams, Sam Michael.

Depois de surpreender nos treinos de Valência, onde a equipe claramente mostrou evolução em relação à temporada passada, Nakajima mostrava-se desapontado com o acidente.

“Foi uma virada de 180º do bom teste em Valencia para este. Quando eu saí para a primeira tomada de tempo (já com a asa modificada), os pneus levaram muito tempo para esquentar e não tinham tanta aderência. Nico (Rosberg, o outro piloto da equipe) também sentiu a mesma coisa”, explicou o piloto.

O japonês comentou ainda sobre a decisão da cúpula da Williams de preparar o carro para Jerez.

“Eu acho que temos que reavaliar os problemas na Inglaterra (sede da escuderia) e nos preparar para os próximos testes. Esta modificação que fizemos foi feita durante a noite, então precisamos de mais tempo e informações”, afirmou Nakajima.

Fonte: LancePress!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *