F1: Williams se prepara para revolucionar Fórmula 1

Nas mãos de um consórcio de investidores privados, a equipe Williams se prepara para liderar uma grande revolução na Fórmula 1.

Nesta quarta-feira, o grupo liderado pela fabricante de aviões Airbus anunciou um empréstimo de US$17 milhões junto ao governo do Reino Unido para desenvolver uma tecnologia no computador que substitua o trabalho feito atualmente nos túneis de vento.

“Esta tecnologia vai revolucionar o processo de criação de novos formatos e vai reduzir drasticamente o tempo que se leva desde o campo de provas até a entrada de diversos produtos no mercado consumidor”, diz um representante da Airbus, em matéria do site “F1-Live”.

Se as coisas vão bem para a Williams fora dos circuitos, nas pistas, os dois carros da equipe ainda estão longe do pelotão da frente, composto por Ferrari, Renault, McLaren e BMW-Sauber. Nos treinos desta terça, em Barcelona (Espanha), Nico Rosberg ficou apenas com a nona colocação, enquanto seu companheiro de equipe, Alexander Wurz, conseguiu o 10º tempo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *