F3 Alemã: Filho do ex-piloto de F1 Johnny Cecotto vence na Alemanha

O brasileiro Rafael Suzuki terminou na quarta colocação.

No complemento da segunda rodada dupla do Campeonato Alemão de Fórmula 3, a vitória ficou com o venezuelano Johnny Cecotto Jr. O filho do ex-piloto de Fórmula e ex-campeão mundial de motovelocidade nas 350cc completou as 18 voltas em 25min43s041. O brasileiro Rafael Suzuki (SVLabs) foi bem e terminou a prova na quarta posição. “A corrida foi boa e meu carro estava rápido. Mas o mais importante foi somar bons pontos e me manter próximo aos líderes”, explica. A corrida válida pela quarta etapa da competição aconteceu neste domingo (11/05) no Autódromo de Oschersleben.


 


Na largada Rafael Suzuki partiu da quinta posição, mas foi atrapalhado pelo carro do colombiano Sebastian Saavedra, que ficou parado na posição de honra do grid. “Eu larguei bem, mas tive que tirar o pé para não bater nele e acabei perdendo duas posições”, conta o piloto da Performance Racing. Ainda na primeira volta o brasileiro recuperou essas posições e assumiu o quarto lugar. A partir daí os quatro primeiros se destacaram dos demais competidores e andaram juntos durante toda a corrida. “Aqui é muito difícil de passar. Eu estava com um ritmo bom, mas em qualquer tentativa de ultrapassagem existe um risco muito grande de se causar um acidente”, garante.


 


O brasileiro acredita que poderia ter alcançado um melhor resultado se não fosse o pequeno problema na largada. “Eu só não era mais rápido do que o Cecotto. Se eu não tivesse que frear na largada, poderia ter brigado pelo pódio e pela vitória hoje”, lamenta o titular da SVLabs. Mas ainda assim ele sai de Oschersleben bastante contente com os resultados obtidos. “Fiz uma boa corrida e ainda estou perto da liderança do campeonato”, diz.


 


A cada corrida que passa, Suzuki enxerga uma melhora no desempenho do carro. Como nem ele e nem sua equipe fizeram a pré-temporada, todo tempo de pista tem sido muito válido. “Estamos bem no campeonato. Quando abrir espaço para podermos treinar, vamos dar o pulo do gato. Por isso foi importante somarmos bons pontos aqui. Quando nos equipararmos às outras equipes, vamos ter condições de brigar pelo título”, revela o piloto, que ocupa a quinta posição no campeonato, com 14 pontos. O italiano Matteo Chinosi é o líder com 24 pontos.


 


A próxima rodada dupla da Fórmula 3 Alemã acontece no Autódromo de Nurburgring, entre os dias 23 e 25 de maio. “Vou correr em Nurburgring e estou bastante animado. O carro está melhorando cada vez mais”, finaliza Suzuki.


 


Estes foram os 10 primeiros da corrida deste domingo:


 


1) Johnny Ceccoto/VEN, Dallara F307/Mercedes, 18 voltas em 25min43s041;


2) Frédéric Vervisch/BEL, Dallara F307/Opel, a 2s232;


3) Matteo Chinosi/ITA, Dallara F 307/Honda, a 2s732;


4) Rafael Suzuki/BRA, Dallara F307/Opel, a 4s906;


5) Federico Leo/ITA, Dallara F 307/Honda, a 15s093;


6) Kevin Mirocha/ALE, Dallara F307/Opel, a 19s702;


7) Sergey Chukanov/UCR, Dallara F307/Opel, a 29s485;


8) Laurens Vanthoor/BEL, Dallara F307/Volkswagen, a 35s449;


9) Denis Swart/HOL, Dallara F307/Opel, a 40s986;


10) David Hauser/LUX, Dallara F307/Mercedes, a 42s185.


 


Estes são so 10 primeiros na Fórmula 3 Alemã após quatro etapas:


 


1) Matteo Chinosi/ITA, Dallara F 307/Honda, 24 pontos;


2) Gerhard Tweraser/AUT, Dallara F307/Mercedes, 21 pontos;


3) Sebastian Saavedra/COL, Dallara F307/Mercedes, 19 pontos;


4) Frédéric Vervisch/BEL, Dallara F307/Opel, 18 pontos;


5) Rafael Suzuki/BRA, Dallara F307/Opel, 14 pontos;


5) Federico Leo/ITA, Dallara F 307/Honda, 14 pontos;


7) Johnny Ceccoto/VEN, Dallara F307/Mercedes, 12 pontos;


8) Laurens Vanthoor/BEL, Dallara F307/Volkswagen, 9 pontos;


8) Kevin Mirocha/ALE, Dallara F307/Opel, 9 pontos;


10) Philipp Eng/AUT, Dallara F307/Mercedes, 7 pontos;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *