F3 Alemã: Rafael Suzuki volta à equipe HS Technik na rodada de encerramento do campeonato

Piloto brasileiro foi chamado de volta pelo time austríaco depois do bom desempenho apresentado nas etapas de Assen e Nürburgring, e pode terminar o ano com a conquista do terceiro lugar no campeonato.

O brasileiro Rafael Suzuki (SVLabs) vai reassumir o cockpit de um dos carros da equipe austríaca HS Technik na rodada dupla de encerramento do Campeonato Alemão de Fórmula 3, que será realizada neste final de semana no circuito de Oschersleben. Suzuki já havia defendido a HS há cerca de dois meses, nas rodadas duplas de Assen e Nürburgring, e foi chamado de volta para dar ao time a chance de fechar o ano com a conquista do terceiro lugar no campeonato de pilotos.

A terceira posição na Fórmula 3 Alemã em 2009 tem quase o sabor de título para os integrantes da competição, haja visto a superioridade dos carros da equipe Van Amersfoort nesta temporada. O time do belga Laurens Vanthoor e do holendês Stef Dusseldorp venceu doze corridas das 16 corridas já disputadas neste ano, e ficou com a primeira e segunda colocações na tabela.

“Fui acolhido por diversas equipes ao longo da temporada, e ter chegado ao final deste campeonato praticamente sem patrocínio e com boas chances de fechar o ano em terceiro, é uma vitória para mim. Quero muito conquistar a terceira posição no campeonato, e o caminho que me trouxe até essa etapa decisiva em Oschersleben torna esse resultado ainda mais importante”, declarou Suzuki.

O brasileiro tem hoje 65 pontos na classificação geral, e mantém uma vantagem de nove pontos para o quarto colocado, Nico Monien. A cada rodada dupla da F-3, 24 pontos estão em jogo. Para se manter em terceiro no campeonato, Suzuki precisa apenas chegar à frente de seus principais concorrentes – com 53 pontos, Markus Pommer também é uma ameaça –, ou manter uma distância segura em relação a eles.

“Não será fácil manter o terceiro lugar, principalmente pelo maior entrosamento de meus adversários e suas equipes. Mas como fiz duas etapas pela HS, já tenho algum retrospecto e conheço a maneira do time trabalhar. A pista de Oschersleben foi palco de quatro corridas neste ano, e como muitos times têm um acerto básico eficiente para esse traçado, o equilíbrio deve ser muito grande”, continuou o brasileiro.

A rodada final da temporada será disputada após um intervalo de praticamente 30 dias sem atividades na categoria. Em razão desse hiato, os times farão um dia de treinos coletivos em Oschersleben nesta quinta-feira, antes de ter início a programação oficial da rodada.

Veja como está o campeonato passadas 16 etapas:
1. Laurens Vanthoor, 144
2. Stef Dusseldorp, 94
3. Rafael Suzuki, 65
4. Nico Monien, 56
5. Markus Pommer, 53
6. Rahel Frey, 45
7. Tom Dillmann, 38
8. Bernd Herndlhofer, 32
9. Harald Schlegelmilch, 30
10. Max Nilsson, 29
11. Willi Steindl, 19
12. Tim Sandtler, 8
13. Gary Hauser, 8
14. Sergey Chukanov, 8
15. Marco Oberhauser, 7
16. Adderly Fong, 7
17. Nicolas Marroc, 6
18. David Hauser, 4
19. Jesse Krohn, 2
20. Shirley van der Lof, 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *