F3 Alemã: Rafael Suzuki volta a Nürburgring de olho na vice-liderança do campeonato

Correndo pela equipe HS Technik pela segunda vez nesta temporda, piloto brasileiro aposta em um bom desempenho nas duas provas deste sábado.

Superar os problemas enfrentados em Nürburgring no início do ano e assumir a vice-liderança do campeonato. É focado nestes dois objetivos até certo ponto audaciosos que o piloto brasileiro Rafael Suzuki (SVLabs) desembarcou nesta semana na Europa, para a disputa da antepenúltima rodada dupla da Fórmula 3 Alemã. As provas serão realizadas neste sábado (22), como parte integrante da etapa de Nürburgring da Le Mans Series.

Em sua segunda rodada competindo pela HS Technik – equipe que o acolheu após sua saída da Performance Racing em razão de problemas financeiros enfrentados pelo time inglês –, Suzuki chegou ao circuito nesta quarta-feira (19) confiante na obtenção de um bom resultado, em especial pela boa experiência da equipe austríaca no tradicional circuito alemão.

Mesmo sem ter obtido bons resultados nesta temporada até a chegada do brasileiro – que fechou as duas corridas realizadas em Assen, na Holanda, na terceira e na quarta posições –, a HS Technik é um dos times de maior tradição na F-3 Alemã e já venceu corridas, inclusive, na série européia da categoria.

“Minhas primeiras corridas pela HS Technik foram até melhores do que eu esperava, e agora que já estou mais entrosado com a equipe, a expectativa é ainda melhor. Não terei de começar o trabalho totalmente do zero, como ocorreu há duas semanas, e isso é bom em uma pista em que obtive meus piores resultados neste ano quando ainda corria pela Performance Racing”, comentou o brasileiro.

As dificuldades enfrentadas no mês de maio não devem se repetir neste final de semana, em especial em razão do bom desempenho demonstrado pelo carro da HS Technik em ritmo de corrida. “Meu atual carro tem reações diferentes do anterior, e vou confiar no acerto básico de minha nova equipe. Como haverá apenas um treino de 45 minutos antes da classificação, que começa apenas dez minutos depois da sessão inicial, praticamente não haverá tempo para grandes mudanças no primeiro dia de trabalho”, comentou o brasileiro.

Terceiro colocado no campeonato a dez pontos do atual vice-líder, Suzuki tem sido um dos destaques da Fórmula 3 Alemã neste ano, em especial por ser o principal adversário da dupla da poderosa equipe Van Amersfoort Racing, vencedora de dez das doze corridas já realizadas em 2009. O brasileiro é o único piloto com chances reais de se colocar entre o líder, Laurens Vanthoor, e seu companheiro, Stef Dusseldorp, na tabela de pontos, o que o deixou extremamente valorizado neste final de temporada.

“A disputa pelo vice-campeonato é meu principal foco neste momento”, reconheceu o brasileiro. “E terá valor de título para mim, já que acompanhar o conjunto da Van Amersfoort neste ano não tem sido uma tarefa fácil para nenhum outro piloto ou equipe. Tive a dificuldade extra de trocar de time no meio da temporada, mas continuei andando bem e isso foi muito positivo”, emendou o piloto.

Disputado por diversas equipes após a oficialização de sua saída da Performance Racing, Suzuki vive um bom momento na Europa. O carro que conduziu até a etapa de Lausitz teve resultados medianos em Assen, na Holanda, há pouco mais de uma semana. Já sua chegada à HS Technik contribuiu para o retorno da equipe ao pelotão da frente – uma realidade que não vinha fazendo parte do time neste ano.

Nesta quinta-feira, os treinos da Fórmula 3 Alemã começam às 8h15, com uma sessão livre de 45 minutos. As 9h10 terá início o primeiro treino de classificação. Na sexta-feira, os pilotos disputam mais uma sessão classificatória de 30 minutos, às 5h20. As duas corridas estão marcadas para o sábado, às 3h e às 7h55 (horários de Brasília).

Passadas seis etapas, os dez primeiros colocados no campeonato são:
1) Laurens Vanthoor, 120 pontos
2) Stef Dusseldorp, 67
3) Rafael Suzuki, 57
4) Nico Monien, 48
5) Rahel Frey, 45
6) Markus Pommer, 39
7) Bern Herndhofer, 32
8) Max Nilsson, 25
9) Willi Steindl, 19
10) Harald Schlegelmilch, 11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *