F3: Bruno Senna não completa GP de Macau

Um acidente na penúltima volta abreviou a participação de Bruno Senna no Grande Prêmio de Macau de Fórmula 3. Depois de largar em 17º, o piloto brasileiro ocupava a 7ª colocação quando se envolveu em toque com o alemão Nico Hulkenberg e acabou acertando o guard-rail. Em seguida, por causa de novas batidas no traçado urbano da antiga colônia portuguesa, a prova foi encerrada com bandeira amarela e a vitória do inglês Oliver Jarvis.

Até aquele instante, Bruno era um dos destaques da corrida de classificação para a final de amanhã – a ordem de largada obedecerá às posições de chegada de hoje. No entanto, com o monocoque do Dallara comprometido, Bruno está alijado do grid. “Saí muito bem e ganhei dez colocações ainda na primeira curva. Eu corria próximo do pelotão da frente quando cometi um erro, o Nico colocou o carro de lado, mas quis me passar por fora na veloz curva Mandarin. Freou para cima de mim, tocamos rodas e voei por cima dele, aterrissando de bico na barreira de proteção. Felizmente, fora o prejuízo de ficar de fora da segunda corrida e os danos no carro, foi só um susto para mim”, comentou.

Jarvis largou na pole, perdeu a liderança quase imediatamente para o estoniano Marko Asmer, mas recuperou-a na volta cinco. Prevista para durar 10 voltas, a corrida foi interrompida na 9ª volta e o resultado respeitou a classificação da passagem anterior. Asmer terminou em segundo e o pódio foi completado por Kazuya Oshima, campeão japonês de Fórmula 3. O fluminense Robert Streit chegou em 8º.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *