Motovelocidade: Murilo, Doca e Chofard largam na frente em Interlagos

O Campeonato Brasileiro de Motovelocidade será definido a partir das 11h10 deste domingo, na última etapa da competição, no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Nos treinos livres deste sábado, Murilo Ribeiro foi o mais rápido da categoria 250cc, Alecsandre Brieda, o Doca, cravou o melhor tempo da Hornet e Pierre Chofard foi o primeiro na Superbike.

Das quatro categorias em disputa, três ainda estão em aberto e conhecerão seus campeões neste domingo. Na 250cc Jr, o líder do campeonato Otavio Lucchini ampliou as chances de chegar ao título. Na Hornet, a primeira colocação obtida pelo líder Doca o deixou mais perto da conquista e, na Superbike, Gilson Scudeler precisa apenas de um quinto lugar em uma das baterias para ser campeão.

250cc – Murilo Ribeiro foi o mais rápido na categoria 250cc e levou o ponto extra. Com isso, o piloto entra na briga pela segunda colocação do Campeonato Brasileiro. “Espero fazer uma boa corrida neste domingo. Minha moto está muito bem. Ela foi evoluindo aos poucos e hoje atingiu seu melhor desempenho”, disse.

Mesmo com a mão direita fraturada, Otávio Lucchini terminou o treino classificatório em quinto lugar no geral, e foi o mais rápido entre os pilotos da 250cc Jr. Com isso, ele ampliou a vantagem na categoria e as chances de ser campeão entre os pilotos com idade até 17 anos. “Vim para cá sem saber como iria andar. Fui bem e espero conquistar este título, pois ano que vem vou correr nos Estados Unidos e quero deixar o país como campeão brasileiro”, disse o piloto.

Hornet – Alecsandre Brieda, o Doca, ficou mais perto do título da categoria Hornet. Ele fez a pole no treino deste sábado e, com o ponto extra conquistado, pode chegar em segundo que será o vencedor da temporada. “Agora posso me dar ao luxo de não precisar vencer a prova. Já é uma vantagem”, disse o piloto. “Interlagos é como se fosse a minha casa. Treinei bastante, pois sabia que isso seria fundamental nesta etapa. Trabalhamos bastante no acerto da moto e espero conquistar mais esse título”, completou.

Superbike – Pierre Chofard foi o mais veloz entre os pilotos que disputam a categoria Superbike, seguido por Danilo Andric e Gilson Scudeler. Apenas Chofard e Scud mantêm as chances de conquista do título. Scud precisa apenas de um quinto lugar em uma das baterias para ser campeão (vale lembrar que a Superbike inclui duas corridas por etapa).

“Serei extremamente cauteloso na primeira bateria, pois um quinto lugar basta para eu ser campeão. Na segunda corrida, vou acelerar forte em busca da vitória para fechar o ano com chave de ouro”, antecipou Scudeler.

Treinos classificatórios

250cc
1o Murilo Ribeiro 2min08s334
2o Maico Teixeira 2min09s201
3o Diego Faustino 2min09s306
4o Sandro Paganelli 2min09s693
5o Otavio Lucchini 2min09s754

Hornet
1o Alecsandre Brieda 1min49s937
2o Carlos Cruz 1min50s200
3o Alexandre Silvestre 1min50s901
4o William Pontes 1min50903
5o Fabio Peasson 1min51s103

Superbike
1o Pierre Chofard 1min40s984
2o Danilo Andric 1min41s382
3o Gilson Scudeler 1min41s580
4o Cristiano Vi eira 1min605
5o Murilo Colatrelli 1min41s953

Programação

17/11  (Domingo)

Warm-up
Superbike – 9h às 9h15
250cc – 9h25 às 9h40
Hornet – 9h50 às 10h05

Corridas
Superbike – 11h10 – 17 voltas
250cc – 12h20 – 14 voltas
Hornet – 13h50 – 17 voltas
Superbike – 15h – 17 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *