F3 Espanhola: Iaconelli surpreende na Espanha

Após uma semana de ter sido confirmado sua presença na World Series by Renault pela equipe Interwetten e de já ter depositado a primeira parcela da temporada, Iaconelli recebeu uma péssima noticia, de que não poderia correr pela equipe Interwetten. A equipe informou que recebeu uma proposta irrecusável da Mercedez Benz para trazer Eric Salignon. Mesmo assim Iaco não desiste de disputar algumas etapas do certame como preparação para o próximo ano. Apesar do seu orçamento reduzido, algumas equipes já encontram em contato com o piloto para viabilizar sua entrada na categoria.

Como fato positivo, na ultima quinta feira, o chefe de equipe da Elide de Fórmula 3 espanhola, convidou o brasileiro para disputar a primeira etapa do certame. Sem fazer a pré-temporada e perdendo o primeiro treino livre de sexta feira, Iaconelli conquistou a nona colocação no grid de largada para a primeira prova.

Dada a luz verde, o brasileiro em uma excelente largada mostrando ser um piloto arrojado foi ganhando posições cruzando a linha de chegada em quinto, sendo o destaque da prova.

Com a ordem invertida dos 6 primeiro colocados, Iaco largando na segunda posição, largou bem em busca do primeiro posto foi obrigado a colocar suas 2 rodas na grama enquanto seu adversário o jogava para fora. Com os pneus sujos que demoraram a limpar alem da grama no radiador que super aquecia o motor, o piloto não conseguia acompanhar o ritmo do líder, Marcos Martínez Ucha. Bastante pressionado desde o inicio da prova por Marco Barba, Iaco apesar de não ter um carro acertado, mostrou muita habilidade e não deu chances de ultrapassagem ao vencedor da primeira prova cruzando a linha de chegada em segundo. “Foi um ótimo resultado para alguém que estava quatro meses sem andar e sem ter feito a pré temporada. Nas duas corridas larguei muito bem o que me propiciou chegar na frente. Espero disputar o campeonato de Fórmula 3 espanhola durante o ano porem necessito de alguma ajuda financeira” explicou o brasileiro.

A situação do campeonato após duas etapas:
1º) Marcos Barba (ESP), 20 pontos
2º) Marcos Martinez Ucha (ESP), 16
3º) Carlos Iaconelli (BRA), 15
4º) Nicolas Prost (FRA), 12
5º) Roldán Rodriguez (ESP), 11
6º) Manuel Sáez Merino (ESP), 9
7º) Sérgio Jimenez (BRA), 8
8º) Ricardo Risatti (ARG), 4
9º) Máximo Cortés (ESP), 3
= Nil Monserrat (ESP), 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *