Stock: RC3 Bassani começa o ano marcando pontos em Interlagos

Equipe poderia pontuar com seus dois pilotos, mas um acidente muito forte, causado por um adversário, tirou Mateus Greipel da prova.

Neste domingo (09 de abril) foi dada a largada para a temporada 2006 do Campeonato Brasileiro de Stock Car. Novas regras, novos pilotos e mudanças de equipes agitaram o fim de semana em Interlagos, São Paulo, palco da abertura da competição. A equipe RC3 Bassani, que é a única que conta com dois campeões da Stock Car Light – Mateus Greipel em 2002 e Jader David em 2005 – começou muito bem, marcando pontos na difícil e tumultuada prova. Um acidente muito forte envolvendo Greipel tirou as chances da equipe de pontuar com os seus dois carros. A etapa foi vencida por Cacá Bueno. “Fiquei muito satisfeito com todo o fim de semana. Na sexta-feira ficamos entre os dez mais rápidos com o Mateus (8º). No sábado participamos da “Super Classificação” com o Jader e largamos no domingo com os dois pilotos entre os 15 primeiros. Infelizmente um acidente envolvendo o Mateus não nos permitiu ter um fim de corrida ótimo”, comentou Eduardo Bassani sobre o desempenho se seu time, que tem como um dos sócios o lateral esquerdo da Seleção Brasileira e do Real Madri, Roberto Carlos.

A prova começou com Mateus Greipel (que largou em 14º) ganhando posições e Jader David (que largou em 7º) defendendo dos ataques de Giuliano Lossaco e Ingo Hoffmann (juntos 15 títulos da Stock). Greipel, com um ritmo muito forte desde o inicio, conseguiu a 10ª colocação. Mas na 9ª volta, o piloto da equipe Action Power, o paranaense Tiago Marques, perdeu os freios no fim da reta principal e a mais de 240 km por hora atingiu do piloto da RC3 Bassani. O carro ficou muito destruído e Mateus abandonou a prova. “Este acidente foi muito forte. O Mateus estava com o carro muito bom e equilibrado. Poderia estar entre os oito primeiros ao final da prova. Mas acidentes de corrida acontecem. Graças a Deus não aconteceu nada com o Mateus. Agora é trabalhar na reconstrução do carro. Vamos avaliar esta semana para saber se vai precisar trocar o chassi”, explicou Bassani. Marques foi atendido no ambulatório do autódromo e liberado depois de exames.

Enquanto isso Jader David mantinha-se na prova mesmo com os acidentes sempre à sua frente e também com problemas de freios. Ele chegou a ocupar a 10ª colocação, mas terminou em 12º, marcando os primeiros pontos da RC3 Bassani na temporada 2006. “O Jader ainda é muito novo. Está acumulando quilometragem e a tendência é melhorar seu rendimento de corrida a cada etapa. Também tivemos problemas de freios, e estaremos mandando nossas pastilhas (pastilhas dos freios) para análise. Muitas equipes tiveram este problema. Mas, por outro lado, é sempre bom começar o ano marcando pontos”, finalizou Bassani.

A próxima etapa acontece no dia 30 de abril na pista de Curitiba, Paraná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *