F3: Etapa de Brasília chega em boa hora para Luiz Razia

Correndo em casa, piloto baiano radicado no Distrito Federal busca repetir a boa performance da rodada dupla de abertura da temporada.

As etapas de Brasília do Campeonato Sul-Americano de Fórmula 3 não poderiam ter chegado em melhor hora para o piloto radicado no Distrito Federal, Luiz Razia (Dragão Motorsport). Embora descarte qualquer favoritismo, principalmente pelo grande equilíbrio existente entre os primeiros colocados no campeonato, Razia admite que comemorou a confirmação do Autódromo Nelson Piquet como sede da terceira rodada da temporada, já que esta é a pista com a qual ele tem mais intimidade entre as sete que fazem parte do calendário.

“Acho o Autódromo de Brasília o mais sensacional e desafiador do Brasil pela grande extensão e pelo alto nível técnico de seu traçado”, disse Razia. “Correr aqui é sempre muito bom e essa prova chegou na hora certa para mim. Preciso me recuperar no campeonato e nada como correr em casa em um momento de dificuldade. Não me considero favorito, mas não escondo que, nesse momento, é muito melhor correr em Brasília do que em qualquer outro circuito do calendário”, completou o piloto, que detém o recorde da pista para carros da Fórmula 3 Sul-Americana.

Luiz Razia e a Dragão Motorsport treinaram com freqüência no Autódromo Nelson Piquet desde que o piloto começou a se preparar para a disputa da Fórmula 3 Sul-Americana, em 2004. No início deste ano a pista-sede da equipe foi transferida para São Paulo por questões de logística – a oficina fica a cerca de 200m do portão do Autódromo de Interlagos –, mas o último treino realizado por Razia no Distrito Federal deixou boas recordações. “Treinamos pela última vez aqui em Brasília no mês de março, pouco antes da primeira corrida da temporada, e consegui baixar o tempo da pole do ano passado. Temos um acerto competitivo para este circuito e acredito que esse tempo que passamos longe daqui não vá nos prejudicar nessa prova”, completou o piloto.

Terceiro colocado na classificação geral com 20 pontos, 18 a menos que o líder, Mário Moraes, Razia liderou com folga a tabela após vencer as duas primeiras corridas do ano, em Curitiba. O triplo abandono nas três corridas realizadas nas ruas de Santa Fé, na Argentina, o fez cair duas posições no campeonato e o forçou a buscar, novamente, uma seqüência de bons resultados para voltar a disputar a liderança.

“Matematicamente tenho chances de recuperar o primeiro lugar já em Brasília, mas acho difícil que isso aconteça porque eu teria que vencer as duas corridas e o Marinho Moraes marcar apenas dois pontos”, calculou Razia. “Mas posso sair dessa rodada bem mais próximo dele e é esse meu principal objetivo. Ainda nem chegamos à metade do campeonato e muita coisa ainda vai acontecer”, finalizou.

F3: Etapa de Brasília chega em boa hora para Luiz RaziaComente essa notícia em nosso Fórum!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *