F3 Inglesa: Adriano Buzaid terá primeira experiência na categoria em Donington Park

Rodada dupla que encerra o campeonato da categoria terá a presença do brasileiro pela National Class.

Neste domingo (12), o brasileiro Adriano Buzaid, de 20 anos, terá sua primeira experiência de corrida na Fórmula 3 Inglesa, uma das principais categorias de base da Europa, que revelou Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna. Ele fará uma participação especial na rodada dupla de encerramento da temporada, em Donington Park, pela National Class – uma espécie de campeonato de base. Os carros alinham no mesmo grid da International Class, a classe principal, mas o equipamento tem algumas diferenças e a pontuação é separada.

A presença de Adriano Buzaid tem por objetivo ajudá-lo a definir seu caminho para 2009. Destaque da temporada recentemente encerrada da Fórmula Renault Inglesa, onde alcançou o terceiro lugar na tabela, com cinco vitórias, ele ainda não definiu por qual categoria estará competindo no ano que vem. “Neste fim de semana vou poder conhecer um pouco melhor a Fórmula 3 Inglesa para tomar uma decisão mais segura”, comentou o piloto, que fechou acordo para andar pela Carlin Motorsport.

A adaptação ao carro foi a mais rápida possível. Adriano Buzaid foi bem nos treinos livres desta quinta-feira (9). Terminou a primeira sessão como o mais rápido da National Class e, na segunda parte, foi o quarto colocado, com problemas de freio. “Na reta, não dá para sentir tanto a diferença para o carro da Fórmula Renault Inglesa, mas este aqui freia muito mais e tem uma performance impressionante no contorno de curva, em função do pacote aerodinâmico”, contou, ainda adaptando-se ao carro de 230 cv, quarenta a mais do que ele estava acostumado.

Basicamente, as diferenças da National Class para a International Class na Fórmula 3 Inglesa estão no chassi, já que o campeonato de base usa um modelo mais antigo que a versão 2008, e no motor: na classe principal, os propulsores são multimarcas, enquanto na outra são exclusivamente da Honda. Mesmo com a dessemelhança, Adriano Buzaid conseguiu andar próximo de alguns pilotos da International Class (chegou a ficar em 11º no geral em uma das sessões) o que só aumentou a expectativa para as corridas de domingo (12).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *