F3 Inglesa: Lucas Foresti marca seu primeiro ponto na Fórmula 3 Britânica

Dando prosseguimento à segunda rodada do Campeonato Britânico de Fórmula 3 o piloto brasileiro Lucas Foresti (Carlin Motorsport) disputou neste domingo, dia dois, a quinta e sexta etapas da competição em duas corridas bastante emocionantes.

Na primeira corrida de domingo Lucas largou da 14ª posição. Com um carro muito bem ajustado para as condições de pista molhada do circuito de Silverstone o brasileiro fez uma boa largada e partiu confiante em uma corrida de recuperação. Ele ultrapassou alguns concorrentes e, com o passar das voltas, já figurava entre os dez primeiros. Porém, como a pista estava muito molhada e, com isso, o spray lançado pelos carros tampava a visão de quem vinha atrás, Foresti acabou sendo vítima da situação. Um dos concorrentes acertou a traseira de seu carro fazendo-o rodar. Sem deixar o carro morrer o piloto brasileiro voltou à pista, na 21ª posição, e mostrou toda a sua garra. Com ultrapassagens determinadas ele foi muito rápido na chuva superando seus adversários um a um. Ao final, recebeu a bandeirada na 11ª posição.
A segunda corrida do domingo, sexta do Campeonato, teve Lucas largando do 12º lugar. Com a mesma determinação, porém, desta vez com pista seca, o brasileiro não teve um carro tão veloz como esteve na chuva. Mesmo assim, em uma corrida consciente, Foresti conseguiu seguidas voltas rápidas e, nesta que foi a prova longa do final de semana, com 40 minutos de duração, conseguiu finalizar na 10ª posição, marcando o seu primeiro ponto da temporada. James Calado, seu companheiro de equipe, venceu a corrida.
Após seis etapas do British F-3 International Lucas já acumula uma boa quilometragem e pretende continuar seu processo de aprendizado. “Estou feliz por ter conquistado meu primeiro ponto na temporada, mas, decepcionado, por ter certeza que poderia ter sido bem melhor. Nos treinos da semana passada nosso carro era muito rápido e cheguei a estar entre os cinco mais velozes do circuito. Nesta sexta, nos treinos livres, meu carro começou a raspar muito o assoalho no chão e precisamos levantar um pouco o conjunto. Acho que esta medida piorou o rendimento atrapalhando o downforce que estava muito bom e, assim, não mais consegui os mesmo tempos. Cheguei a andar em quinto no sábado e, na primeira corrida do domingo, na chuva, também estive muito bem. Mas, estou certo que tudo isto faz parte de meu aprendizado e nas próximas corridas sei que estarei ainda melhor. Estou cada vez mais próximo ao meu engenheiro e mecânicos, trocando idéias, discutindo os problemas e tenho certeza que melhores resultados estão por vir”, finalizou o piloto de 17 anos.
O Campeonato Britânico de F-3 fará agora uma parada de três semanas. A próxima rodada será disputada na França, no Autódromo de Magny-Cours, entre os dias 21 e 23 de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *