F3 Inglesa: Mineiro Victor Corrêa satisfeito com testes em Oulton Park

Piloto é o responsável por desenvolver todo o projeto do chassi da Litespeed.

Pilotos de nove países diferentes entraram em ação esta semana nos treinos de pré-temporada da Fórmula 3 Inglesa, principal competição da categoria em todo o mundo. Ao final dos dois dias de testes (10 e 11/03) no autódromo inglês de Oulton Park, o mineiro Victor Corrêa (Unifenas) ficou satisfeito com seu desempenho. “Estamos no caminho certo. O objetivo é ganhar quilometragem e aprimorar o acerto do carro. E estamos conseguindo”, garante o jovem de 18 anos. O piloto segue os passos dos campeões Ayrton Senna, Nelson Piquet e Émerson Fittipaldi, que disputaram e venceram a competição antes de chegar à Fórmula 1.

Responsável por todo o trabalho de desenvolvimento do chassi SLC R1 da equipe Litespeed, Victor Corrêa focou seus esforços em conhecer melhor o carro e ampliar a base de dados da equipe, já que esta foi apenas sua segunda experiência com o bólido. “O importante no momento é trabalhar no acerto do carro para termos uma boa base para toda a temporada, conhecermos cada vez mais o equipamento e termos sucesso em nosso projeto”, explica. O trabalho do alfenense se torna ainda mais importante pois só ele compete com o modelo SLC. “Estes testes são fundamentais porque nossa equipe é a única no mundo que usa esse carro, enquanto quase todos os outros pilotos competem com Dallara”, atesta.

Nesta quarta-feira Victor foi o segundo piloto mais rápido da classe National – a mesma que ele competirá em 2009 – e 15º colocado na classificação geral. “Na chuva fomos rápidos, mas no seco ainda precisamos melhorar. No começo estávamos tomando muito tempo, mas aos poucos fomos evoluindo”, conta. Ao final do dia foi possível visualizar essa melhora. “Começamos os testes tomando dois segundos e meio e terminamos a sessão de hoje pouco mais de um segundo atrás. Estamos evoluindo no caminho certo”, afirma o titular da Unifenas.

A única ressalva feita pelo piloto da Litespeed é que os dois dias poderiam ter sido ainda mais proveitosos. “Eu consegui ganhar mais tempo de pista, mas poderia ter andado mais. Fizemos muito trabalho de boxe em busca do melhor acerto e por isso não andamos tanto quanto poderíamos. Mas estou satisfeito com as melhorias que alcançamos”, ressalta.

Victor continua os testes de pré-temporada na semana que vem (17/03), quando a F3 testará em Rockingham. “Será mais um dia para acertar o carro, ganhar quilometragem e seguir o trabalho de desenvolvimento para termos um carro cada vez mais competitivo, principalmente para o ano que vem, que é nosso objetivo final”, completa.

Estes foram os 15 primeiros desta quarta-feira:

1) Walter Grubmuller (MON), Dallara/Mercedes, 1min27s753;
2) Nick Tandy (GBR), Mygale/Mercedes, 1min27s807;
3) Riki Christodoulou (GBR), Dallara/Mercedes, 1min27s903;
4) Henry Arundel (GBR), Dallara/Volkswagen, 1min28s049;
5) Max Chilton (GBR), Dallara/Volkswagen, 1min28s153;
6) Daniel Ricciardo (AUS), Dallara/Volkswagen, 1min28s167;
7) Oliver Oakes (GBR), Dallara/Volkswagen, 1min28s440;
8) Adrian Buzaid (BRA), Dallara/Volkswagen, 1min28s607;
9) Carlos Huertas (COL), Dallara/Mercedes, 1min28s693;
10) Daisuke Nakajima (JAP), Dallara/Mercedes, 1min29s152;
11) Wayne Boyd (GBR), Dallara/Volkswagen, 1min29s294;
12) Hywel Lloyd (GBR), Dallara/Honda, 1min29s405;
13) Victor Garcia (ESP), Dallara/Mercedes, 1min29s762;
14) Daniel McKenzie (GBR), Dallara/Honda, 1min30s015;
15) Victor Corrêa (BRA), SLC R1/Honda, 1min31s365.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *