F3 Inglesa: Otero estréia em Croft na penúltima etapa da temporada

Piloto carioca volta à categoria em busca de seu segundo pódio na temporada.

Ansioso por repetir sua boa estréia no Campeonato Inglês de Fórmula 3 – quando subiu ao pódio na etapa de Silverstone pela National Class –, o piloto carioca Ernesto Otero vai ao Autódromo de Croft neste fim de semana para a disputa da penúltima rodada dupla da temporada. Segundo colocado em sua primeira corrida na Europa, Otero não disputou as provas de Thruxton e retorna às pistas nesta sexta-feira com o objetivo de dar continuidade a sua fase de aprendizado visando a disputa da temporada completa da categoria em 2008.

“Novamente vou competir em uma pista que não conheço, e o objetivo principal continua sendo o aprendizado. Comecei a temporada correndo no Brasil, e me transferi para o automobilismo europeu com o intuito de conhecer alguns circuitos e de conseguir um bom entrosamento com a equipe”, declarou o brasileiro, que compete pela Raikkonen Robertson Racing. “Fizemos uma boa estréia e temos tudo para conseguir mais uma atuação positiva neste fim de semana”, acrescentou Otero.

O piloto carioca seguiu neste ano os passos de Alberto Valério, Campeão Sul-Americano de Fórmula 3 em 2005, e Mario Moraes, vice-campeão no ano passado, e transferiu-se do torneio “local” para o Campeonato Inglês da categoria. Embora carreguem o mesmo DNA, as versões sul-americana e inglesa da categoria possuem suas peculiaridades. Por aqui, o carro é mais antigo (modelo 2002), mas é equipado com um motor Ford-Berta cerca de 60 cv mais potente que os Honda e Mercedes usados na Inglaterra. Na Europa, embora os chassis sejam do ano, o motor tem cerca de 220 cv.

A opção de Ernesto Otero pela National Class – uma espécie de Fórmula 3 Light da Inglaterra – ocorreu em virtude da temporada já ter começado quando o carioca estreou na competição. Destinada justamente a jovens talentos que procuram se efetivar na categoria principal nas temporadas seguintes, a classe tem como líder o mexicano Sergio Perez, ganhador das seis últimas corridas do ano e dono de 299 pontos na tabela. O chinês Cong Fu Cheng é o vice-líder, com 230 pontos. Em terceiro lugar, com 153, aparece o britânico Michael Meadows, companheiro de Otero na Raikkonen Robertson Racing.

“Dividimos o mesmo grid com os pilotos da International Class, que é a divisão principal da categoria, e isso representa um ótimo aprendizado. A National Class tem alguns talentos neste ano, que em muitas corridas chegam a deixar para trás alguns carros do evento principal”, lembrou Otero. “O Peres é um bom exemplo, já que ele venceu 11 das 18 corridas realizadas por nossa categoria neste ano”, encerrou o carioca.

Foto: Jakob Ebrey

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *