F3 Sulamericana: Acidentes e belas ultrapassagens, categoria esbanjou emoção

Aconteceu de tudo na oitava etapa da Fórmula 3 Sul-Americana, realizada na manhã deste domingo (13) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A prova mais movimentada e cheia de alternativas da temporada foi interrompida três vezes pela entrada do safety car, teve carro rebocado voltando sozinho para a pista, acidente com os líderes, punições, drive-trough para o primeiro colocado, ultrapassagens em diversos pontos da pista e uma intensa briga pela liderança que durou até a última volta.

Na corrida 301 da história da categoria, os jovens pilotos da Fórmula 3 despejaram uma dose extra de um ingrediente que, ao longo de mais de duas décadas, transformou a categoria mais veloz do continente em um celeiro de bons talentos para o automobilismo internacional. “Se não faltou emoção para nós, que estávamos dentro da pista, fico imaginando como deve ter sido bacana ver essa corrida pela televisão”, opinou o carioca Leonardo Otero, que completou a etapa em quinto lugar, a apenas 0s159 do quarto posto.

A prova começou com um acidente na largada envolvendo Denis Navarro, Pedro Enrique, Fernando Galera e Nilton Molina. Navarro tocou em Enrique no “Esse do Senna”, que rodou e, na confusão, foi atingido por Galera. Molina pegou a sobra e também abandonou. Os dois companheiros na Cesário Fórmula ainda voltaram para a pista, e Navarro passou perto da vitória – recebeu a bandeirada em segundo, mas foi desclassificado após a prova.

Já Pedro Enrique abandonou na quarta passagem. Voltas depois, o carro de Molina, que havia sido rebocado para a área de escape, rolou para a pista no exato momento em que todo o pelotão passava pelo “Esse”, causando em uma das cenas mais surreais dos últimos tempos no automobilismo.

Na ultrapassagem mais bela da prova, Leonardo Otero ganhou a sexta posição de Felipe Ferreira, por fora, na Curva do Lago, abrindo caminho para outra boa corrida em Interlagos. No dia anterior, ele havia recebido a bandeirada em sexto, e foi quarto neste domingo, repetindo seu melhor resultado na categoria.

“Posso dizer que fiquei a apenas um décimo do meu primeiro pódio”, lamentou Otero. “Mas foi uma boa corrida e acabei repetindo neste domingo o quarto lugar que conquistei em Interlagos na etapa do mês de maio”, declarou o piloto.

O problema de embreagem que havia atrapalhado Otero no dia anterior voltou a prejudicar sua largada neste domingo. Mas o que mais incomodou o piloto na oitava corrida da temporada foi mesmo o equilíbrio do carro no miolo do circuito. “Minha largada não foi muito boa, mas os três safety cars reagruparam todo mundo. Minha maior dificuldade mesmo foi conseguir ser competitivo no miolo, um trecho importante da pista que depende muito de um bom equilíbrio do carro”, encerrou Otero.

A corrida de São Paulo foi vencida por Nelson Merlo, que subiu ao alto do pódio pela segunda vez neste ano e, com esse resultado, reduziu para apenas oito pontos a vantagem do líder do campeonato, Pedro Enrique. Ele soma agora 46 pontos, contra 54 do primeiro colocado.

O resultado completo da etapa deste domingo da Fórmula 3 Sul-Americana, em Interlagos, foi o seguinte:

1) Nelson Merlo – Bassani Racing (Bra), 17 voltas em 30m55s283 (média de 142.14 km/h)
2) Daniel Landi – Razia Sports (Bra), a 7s956
3) Lú Boesel – Razia Sports (Bra), a 13s000
4) Leonardo Otero – National Sports (Bra), a 13s159
5) Leonardo de Souza – Kemba Racing (Bra), a 18s463
6) Rodolpho Santos – Amir Nasr Racing (Bra), a 20s053
7) Denis Navarro – Cesário Fórmula Jr (Bra), a 20s328
8) Renan Bussieri – Cesário Fórmula Jr (Bra), a 21s512
9) Werner Neugebauer – Prop Car (Bra), a 30s279
10) Leonardo Cordeiro – Cesário Fórmula (Bra), a 47s896
11) Felipe Ferreira – Bassan Motorsport (Bra), a 5 voltas
12) Pedro Nunes – Cesário Fórmula (Bra), a 13 voltas

Melhor Volta: Leonardo Cordeiro, na 14ª passagem em 1m30s725  (média 170,98 km/h)

Classificação da F3 Sulamericana:

1) Pedro Enrique Nunes, 54 pontos
2) Dennis Navarro, 49
3) Nelson Merlo, 46
4) Leonardo Cordeiro, 35
5) Fernando Galera, 21
6) Lu Boesel, 20
7) Leonardo Otero, 18
8) Daniel Landi, 16
9) Rodolpho Santos, 14
10) Eduardo Leite, 13
11) Felipe Ferreira, 11
12) Werner Neugebauer, 9
13) Leonardo Souza, 6
14) Renan Bussieri,1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *