GT3 Brasil: Para Leo Burti, equipe não pode errar mais

Com carro competitivo do jeito que está, basta que pequenos erros não aconteçam novamente para os resultados aparecerem.

A dupla de pilotos Leonardo Burti e Amadeu Rodrigues, do Dodge Viper Competition nº 8, não completou a 8ª etapa da Telefônica Speedy GT3 Brasil Championship realizada neste domingo, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, SP. A vitória foi da dupla Lico Kaesemodel/Alceu Feldmann, seguidos pelos irmãos Fábio e Wagner Ebrahim e pela dupla Marcelo Hahn/Allam Khodair. Abramo Mazzochi e Mateus Stumpf, e Andreas Mattheis e Xandy Negrão completaram o pódio.


Para Luciano Burti, depois de uma série de problemas estruturais no carro (como os enfrentados com os freios ABS, na primeira etapa em Curitiba), o carro chegou em um nível de competitividade muito alto. “Basta ver as largadas que tivemos nas últimas etapas. Fomos pra frente. Brigamos com os líderes. Com certeza temos equipamento para ir para o pódio e, dependendo das corridas, até vencer alguma prova”, diz o piloto. E complementa: “Mas isso só vai acontecer no dia que pararmos de ter erros bobos, pequenos que, no fim das contas, estragam todo o trabalho de um fim de semana”, conclui.


A próxima etapa da Telefônica Speedy GT3 Championship será no dia 7 de setembro, feriado da Independência, no Autódromo de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. A quinta rodada dupla, provas 9 e 10 da categoria, marcará o retorno do piloto Elias Nascimento Jr para o time.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *