F3 Sulamericana: Depois de recuperação espetacular, Diego vence em corrida dramática e cheia de alternativas

O brasileiro Diego Nunes (Chocolates Garoto/Aura) venceu neste sábado, de forma dramática, a 12ª etapa do Campeonato Sul-Americano de Fórmula 3, realizada no traçado trioval do Autódromo Oscar Galvez, em Buenos Aires (Argentina).


Pole position da corrida, Diego foi surpreendido na largada pela movimentação do carro: “A reta principal tem um pequeno declive e eu me distraí, deixei o carro mexer um pouco, e isso foi considerado queima de largada”, explica o piloto da equipe Bassani Racing. “Como resultado, larguei na ponta e liderei até a sétima volta, quando tive que fazer um drive-through (passagem obrigatória pela reta dos boxes com velocidade controlada)”, explica o piloto da Chocolates Garoto/Aura.


Com a punição, Nunes caiu para a oitava posição, mas não se deu por vencido. “Eu sabia que tinha condições de ainda chegar entre os três primeiros”, conta o piloto da Bassani Racing. “Mas quando cheguei ao terceiro lugar vi que era possível tentar a vitória. E isso me motivou mais ainda”, continua. Diego conquistou a terceira posição na 23ª volta. Sete voltas depois, ele superaria o paulista Fabio Beretta  e iniciaria a perseguição ao baiano Luiz Razia (Cia Athlética). O bote final aconteceu na 31ª volta, dando final à emocionante briga pela vitória em uma corrida que teve quatro líderes diferentes (os demais foram o mineiro Clemente Faria Júnior e o próprio Beretta), e diversas trocas de ponteiro.

“Esta foi uma vitória muito importante para minha campanha no campeonato, mas acho que tem um valor especial tanto pela recuperação difícil que tive que fazer quando pelo fato de ser bem complicado ultrapassar nesta pista, especialmente nas curvas de alta”, comenta o piloto da Chocolates Garoto/Aura. Diego continua no terceiro lugar, mas agora somando 57 pontos. A liderança agora é dividida entre Mário Moraes e Luiz Razia, com 74 pontos.

Eduardo Bassani, chefe de equipe de Diego Nunes, acredita que seu piloto pode subir ao topo do pódio mais uma vez em Buenos Aires: “Nosso carro está com um acerto muito bom, como ficou provado na corrida desta manhã: o equilíbrio era perfeito e o Diego soube usar muito bem o equipamento que tinha nas mãos. Se repetir essa pilotagem, aposto em mais um primeiro lugar, com certeza”. Ainda hoje, às 18h35, os pilotos voltam à pista para a disputa da 13ª etapa.

O resultado da 12ª etapa da F-3 Sul-Americana foi este:


1) Diego Nunes (Chocolates Garoto/Aura/Bassani Racint), 39 voltas em 30min37s854, média de 199,158 km/h;
2) Luiz Razia, a 0s327;
3) Fábio Beretta, a 5s884
4) Mário Moraes, a 15s182
5) Lu Boesel, a 15s668
6) Fernando Galera, a 16s311


Classificação do Campeonato após 12 etapas:

1º) Mário Moraes e Luiz Razia, 74
3º) Diego Nunes, 57
4º) Bia Figueiredo, 39
5º) Clemente Faria e Nelson Merlo, 37
6º) Eduardo Leite e Pedro Nunes, 28
8º) Fabio Beretta, 26
9º) Lu Boesel, 25
10º) Henrique Favoretto, 16
11º) Lucílio Baummer, 7
12º) Fabio Casagrande, 5
13º) Diogo Garcia e Fernando Galera, 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *