F3 Sulamericana: Douglas Hiar marca pontos na quinta etapa e sobre punição na etapa seguinte

“Um final de semana válido, de novas experiências na categoria”, foi assim que Douglas Hiar (Tx Wear/RG 518/BSN) analisou sua participação na quinta e sexta etapas da Fórmula 3 Sul-Americana 2007, disputadas no último final de semana em Curitiba, no Paraná.


Na tomada de tempos para a primeira prova do final de semana, Douglas teve um problema na bomba de combustível do seu carro e não conseguiu ir além do 14º lugar no grid de largada. Na prova, Hiar fez uma largada excepcional e completou a primeira volta já entre os dez primeiros. Conseguiu ganhar posições até chegar em sexto e marcar mais três pontos na classificação. “A minha largada foi muito boa, ganhei três ou quatro posições. Depois aproveitei os erros e quebras de outros pilotos para ir mais à frente, sempre mantendo meu ritmo de prova”, comentou o piloto da Comtec Motorsport.

Evoluindo durante o final de semana, Douglas novamente fez uma boa corrida no domingo. Largou novamente na 14ª posição e recuperou várias posições durante a prova. Estava em sétimo quando um incidente entre William Starostik e Clemente Júnior – então líderes da prova – obrigou o carro de segurança a entrar na pista. Envolvido em uma disputa por posições, Douglas não viu a sinalização de bandeira amarela e fez duas ultrapassagens. Por conta disso acabou punido pela direção de prova, uma vez que o regulamento da categoria proíbe ultrapassagens em trechos sob bandeira amarela. Logo em seguida, quando diminuía a velocidade no pelotão atrás do carro de segurança, Hiar foi acertado pelo carro de Geovane Cerutti. O toque fez Douglas rodar e tocar também no carro de Fábio Beretta. “Foi uma pena tudo que aconteceu, porque eu estava de novo na zona de pontos depois de uma boa corrida”, lamentou o piloto estreante na categoria. “Não vi a bandeira amarela porque estava prestando atenção no carro que ia à minha frente. Acabei punido pelas duas ultrapassagens que fiz naquele trecho”, comentou.

No balanço final, Douglas saiu de Curitiba satisfeito com o aprendizado. “Se for considerar o resultado final da etapa, não foi muito bom. No entanto, eu fiz uma excelente corrida no sábado e no domingo andei o tempo todo envolvido em disputas por posição, coisa que não tinha acontecido nas outras etapas”, considerou. As provas na capital paranaense foram vencidas por William Starostik e Felipe Guimarães, respectivamente. O líder do campeonato é Clemente Júnior, com 36 pontos. Douglas é o 15º colocado com seis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *