F3 Sulamericana: Experiência fala mais alto no primeiro treino classificatório em Interlagos

Clemente Faria Jr. e Fernando Galera, dois dos seis veteranos da categoria, garantem vaga na primeira fila da prova deste sábado.

A experiência falou mais alto no treino classificatório para a primeira etapa da temporada 2007 da Fórmula 3 Sul-Americana, disputado nesta sexta-feira (23) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. O mineiro Clemente Faria Jr. (Cesário Fórmula) e o paulista Fernando Galera (Prop Car) – dois dos únicos seis veteranos entre os 16 pilotos do grid –, garantiram vaga na primeira fila para a corrida de amanhã em uma sessão conturbada pela pista molhada. Os estreantes Denis Navarro e Rafael Suzuki largam juntos na segunda fila na corrida deste sábado.

O treino classificatório desta sexta foi marcado pela pista molhada. Vinte minutos antes do início oficial da sessão – que começou com 20 minutos de atraso –, choveu moderadamente na região do circuito e só nos instantes finais alguns pilotos arriscaram deixar os boxes com pneus slick. Clemente Faria foi um deles, e a estratégia ajudou-o a abrir 1s214 para Galera.

Entre as equipes estreantes, a melhor colocada foi a Razia Sports, que mesmo não tendo participado de toda a sessão decisiva com nenhum de seus três carros, conquistou o sétimo tempo entre os 16 participantes com o carioca Ernesto Otero.

“Conseguimos um bom acerto, tanto que o Ernesto estava com o segundo melhor tempo enquanto esteve na pista. Mas ele acabou rodando na Curva da Junção e o carro não pegou mais. Com isso, ele perdeu os nove minutos finais de treino, justamente quando os tempos caíram porque a pista já estava secando”, apontou o chefe da equipe, Felipe Tejada.

Vinícius Quadros também escapou no fim da Reta Oposta e Nathan Silva rodou e bateu no “S do Senna”. Com isso, os dois outros pilotos da Razia Sports ficaram em 10º e 16º lugares, respectivamente.

O resultado do primeiro treino em Interlagos foi avaliado de forma positiva por Otero, que lamentou o acidente. “Eu estava na briga pelo pole e, no final, os tempos caíram muito. Ter ficado em sétimo lugar foi um resultado ótimo porque, em tese, eu poderia ter perdido muitas outras posições já que a pista melhorou muito no final”, acrescentou Otero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *