F3 Sulamericana: Família Boesel troca experiências, e torce junta, em Buenos Aires

Neste domingo, Lu Boesel abandonou uma corrida conturbada pela chuva, mas ficou no autódromo para torcer pelo tio Raul, 19º colocado na Stock Car V8. O mais experiente passou dicas de acerto para circuitos ovais ao estreante, que retribui dando informações sobre as condições da pista.



Os resultados obtidos tanto pelo tio quanto pelo sobrinho não foram os esperados, mas a família Boesel trocou experiências e torceu unida neste domingo, em Buenos Aires, durante as provas da Fórmula 3 Sul-Americana e da Stock Car V8. Logo pela manhã, Lu Boesel, que está iniciando carreira em monopostos, entrou na pista para a 14ª etapa da temporada de 2006 do campeonato continental, e horas depois foi a vez de seu tio, Raul, voltar a Stock Car V8 depois de ficar ausente das nove primeiras corridas do ano.


 


Após um acidente ainda na primeira volta, Lu viu o objetivo de subir algumas posições no campeonato ficar mais distante, mas ressaltou que o apoio do tio foi fundamental em uma rodada única no calendário. Bastante experiente em circuitos ovais por ter corrido vários anos na Fórmula Indy norte-americana, o piloto paranaense passou dicas de acerto ao estreante, que retribui dando informações sobre as condições da pista neste domingo.


 


“Corremos em um trioval na Argentina e, por isso, a experiência do meu tio Raul foi fundamental”, declarou o piloto. “Todas as dicas que ele me passou deram certo, tanto que meu carro se comportou muito bem. Na primeira prova do fim de semana cheguei em quinto, e nas duas corridas seguintes traçamos a meta de subir ao pódio. Infelizmente, sofri dois acidentes logo nas primeiras voltas e abandonei, mas não posso deixar de ressaltar os pontos positivos do fim de semana”, declarou o piloto.


 


Na 12ª etapa do Campeonato Sul-Americano, Lu Boesel recebeu a bandeirada a pouco mais de 0s4 de Mario Moraes, líder do campeonato e quarto a cruzar a linha de chegada. O acerto do carro, segundo ele, esteve quase perfeito. “Meu carro rendeu muito bem e nesse tipo de pista o set up faz muita diferença, porque precisamos acreditar no equipamento para virar rápido. Minha equipe está de parabéns e também não posso deixar de lembrar que as dicas que meu tio me deu funcionaram perfeitamente”, completou Lu.


 


Depois de sua terceira corrida na Fórmula 3 no fim de semana, o jovem piloto brasiliense ainda permaneceu no Autódromo Oscar Galvez para acompanhar a 10ª etapa da Stock Car V8. De volta à categoria depois de ficar ausente das primeiras nove corridas do ano, Raul Boesel foi o 19º a receber a bandeirada, e esteve perto de marcar seus primeiros pontos no campeonato em sua reestréia na categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *