F3 Sulamericana: Forasteiros levarão desvantagem, garante Rodolpho Santos

Piloto goiano pertence ao grupo que é minoria e que terá que se esforçar para chegar no nível de quem já treina em Interlagos desde o ano passado.

Os pilotos e equipes do Campeonato Sul-Americano de Fórmula 3 que abrirão a temporada 2007 neste fim de semana em Interlagos estão divididos em dois grupos: os que têm pista-sede no autódromo paulistano e os poucos que treinam em outros circuitos. Há apenas duas equipes que são consideradas ‘forasteiras’ nesta rodada dupla de abertura: a Amir Nasr, defendida pelo goiano Rodolpho Santos e o brasiliense Felipe Guimarães, e a Castilho Motorsport, do paranaense Giovanne Cerutti. O primeiro time é baseado em Brasília e o segundo, no Autódromo de Curitiba. “A desvantagem é evidente, pois não treinamos de Fórmula 3 sequer um quilômetro em Interlagos. Eu ainda tive um treino experimental com outra equipe, mas era apenas uma avaliação preliminar a fim de definir com quem competiria em 2007”, observa Rodolpho Santos. “Então, especialmente na sexta-feira e, talvez, ainda na corrida do sábado, os ‘times paulistas’ levarão vantagem com certeza”, completa o piloto da Neo Química/Palu Suisse/Wurth.

“É importante frisar que os dois times ‘forasteiros’ têm apenas pilotos novatos, como eu próprio. A experiência conta muito na hora de correr ‘na casa do adversário’ como faremos neste sábado e domingo. Mas nossa obrigação é superar isso, mesmo que os demais times e pilotos sejam a grande maioria”, observa o piloto goiano de 18 anos de idade.

Desde 2001 – Esta será a primeira vez que a Fórmula 3 abrirá sua temporada em Interlagos desde 2001, quando a categoria fez a prova preliminar do GP do Brasil de Fórmula 1. Como em todas os seus eventos de 2007, no próximo fim de semana a Fórmula 3 disputará duas corridas: a primeira no sábado, a partir das 15h40, e a outra no domingo, às 11h00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *