F3000 Européia: Luiz Razia fecha temporada a apenas oito pontos do título

Com uma pole position, um terceiro e um quinto lugares na etapa deste fim de semana em Magione, na Itália, piloto brasileiro fechou a competição na quarta posição.

Terminou neste domingo (30), em Magione, na Itália, a temporada de 2008 da Fórmula 3000 Euroseries. A temporada teve a participação dos brasileiros Luiz Razia e Fabio Beretta – além da presença esporádica de Felipe Guimarães –, e terminou com resultados positivos para os três pilotos do país.

Mesmo sem ter participado de todas as oito rodadas da temporada européia, o baiano Luiz Razia fechou o campeonato a apenas oito pontos do título – que ficou nas mãos do francês Nicolas Prost, filho do tetracampeão de Fórmula 1 Alain Prost, que acumulou 60 pontos. Já Beretta foi o sétimo, a 28 pontos da primeira posição. Felipe Guimarães terminou em nono, a 44 pontos do primeiro colocado. Os três conquistaram pódios na temporada, e Razia ainda terminou o ano com duas vitórias e duas pole positions.

A primeira corrida do final de semana em Magione começou com pista seca, mas a chuva surpreendeu os pilotos perto da metade da prova – momento em que Luiz Razia liderava com tranqüilidade. Mesmo com o piso molhado, o baiano arriscou permanecer na pista por algum tempo com pneus slicks, mas a cinco voltas do fim também teve de parar nos boxes para fazer a troca dos compostos.

Por ter ficado mais tempo na pista em ritmo lento, ele voltou à disputa na sétima posição, e perdeu a chance de vencer pela terceira vez no campeonato. Como prêmio de consolação, ainda subiu no pódio na terceira posição, e ganhou o direito de largar entre os seis primeiros na prova seguinte.

“Apostamos que seria possível ir até o fim da corrida com os pneus de pista seca, mas as condições do asfalto pioraram muito e também tive que parar nos boxes. Nosso carro era muito bom, mas erramos por ter ficado tempo demais na pista com os pneus slick”, lamentou Razia.

Com a terceira posição na corrida inicial, ele partiu na terceira fila do grid na prova seguinte. Mas uma queima de largada acabou prejudicando sua última prova na F-3000. Obrigado a passar pelo pit-lane para pagar um drive-through, Razia caiu para a 13ª posição e teve de fazer outra jornada de recuperação. Com um carro bastante rápido, cravou a segunda melhor volta da corrida e terminou novamente entre os seis primeiros.

“Perdi o timing da largada e o carro pulou um pouco antes, quando as luz vermelha acendeu. Depois de pagar a punição, só o que me restou foi tentar marcar alguns pontos, e ainda consegui chegar em sexto lugar”, lamentou o piloto da equipe Bull Racing.

As vitórias em Magione ficaram com Fabrizio Crestani, que com este desempenho subiu para o quinto lugar no campeonato. Os dez primeiros colocados nas duas corridas do fim de semana na Itália e também no campeonato foram:

1ª corrida
1º) Fabrizio Crestani (ITA), 28 voltas
2º) Raffaele Gianmaria (ITA), a 32.219
3º) Luiz Razia (BRA), a 33.208
4º) Adam Khan (PAQ), a 59.318
5º) Fábio Onidi (ITA), a 1:16.698
6º) Fábio Beretta (BRA), a 1 volta
7º) Diego Romanini (ITA), a 1 volta
8º) Ramon Zapata (ESP), a 2 voltas
9º) Matteo Cozzari (ITA), a 2 voltas
10º) Nicolas Prost (FRA), abandonou

2ª corrida
1º) Fabrizio Crestani (ITA), 36 voltas
2º) Fabio Onidi (ITA), a 1.174
3º) Raffaele Gianmaria (ITA), a 2.297
4º) Rodolfo Gonzales (VEN), a 10.996
5º) Bruno Mendez (ESP), a 30.453
6º) Luiz Razia (BRA), a 31.005
7º) Nicolas Prost (FRA), a 45s375
8º) Fábio Beretta (BRA), a 1:02.493
9º) Omar Leal (COL), a 1:03.321
10º) Matteo Cozzari (ITA), a 1:05.922

Classificação final do campeonato:
1º) Nicolas Prost (FRA), 60 pontos
2º) Fabio Onidi (ITA), 58
3º) Adam Kahn (PAQ), 55
4º) Luiz Razia (BRA), 52
5º) Fabrizio Crestani (ITA), 49
6º) Omar Leal (COL), 38
7º) Fábio Beretta (BRA), 32
8º) Roldan Rodriguez (ESP), 26
9º) Felipe Guimarães (BRA), 16
10º) Raffaele Gianmaria (ITA), 12

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *