FIA F3 European: Três vencedores no Red Bull Ring

O britânico Tom Blomqvist (Carlin) e os italianos Antonio Fuoco (Prema) e Antonio Giovinazzi (Carlin) foram os vencedores da oitava etapa da temporada, disputada no Red Bull Ring, na Áustria.

Líder do campeonato, o francês Esteban Ocon (Prema) não pontuou em nenhuma das três provas.  O vice-líder, o holandês Max Verstappen (Van Amersfoort) teve um quarto lugar como melhor resultado.

Blomqvist assumiu a liderança da primeira prova logo na primeira curva. Ocon e Verstappen disputava a liderança quando se tocaram. Blomqvist venceu pela quarta vez no ano. Giovinazzi e o britânico Jake Dennis completaram a trinca da Carlin.

O francês caiu para o final do pelotão e terminou na 13ª posição. Vertappen terminou em terceiro, mas foi punido pelo toque e perdeu duas posições.

Fuoco venceu a segunda prova. Foi a segunda vitória do italiano no ano. Blomqvist o  austríaco Lucas Auer (Dallara-Mercedes (Mucke) fecharam o pódio.

Em uma prova cheia de acidentes, e duas intervenções do Safety-Car, Giovinazzi recebeu a bandeirada em primeiro. Contudo na relargada final, Giovinazzi abriu vantagem demais para o Safety-Car e levou um drive-through. Como não cumpriu a punição no restante da prova, foi punido com 20 segundos de acréscimo, e caiu para a 16ª posição.

Verstappen terminou em quinto. Ocon colidiu com o sueco Felix Rosenqvist (Mucke) e abandonou.

Giovinazzi superou a frustação da prova anterior, ao vencer a terceira prova da etapa austríaca. Foi a sua primeira vitória na categoria. Blomqvist e Auer fecharam o pódio.

Pole-position, Giovinazzi venceu de ponta a ponta a prova (qe teve uma intervenção do Safety-Car).

Verstappen colidiu com Fuoco, na disputa pelo quarto lugar, e levou um drive-through. Terminou em 12º. Fuoco abandonou.

Ocon também levou um drive-through, por exceder o limite de velocidade em bandeira amarela, e terminou a etapa sem pontos (13º lugar).

Ocon manteve os 379 pontos no campeonato. Verstappen em segundo soma 285, seguido por Blomqvist com 269 pontos.

A próxima etapa acontece em Nürburgring, na Alemanha, entre os dias 16 e 17 de agosto.

Final, prova 1:

1 – Tom Blomqvist (Dallara-VW) – Carlin – 24 voltas em 34’22″248
2 – Antonio Giovinazzi (Dallara-VW) – Carlin – 4″089
3 – Jake Dennis (Dallara-VW) – Carlin – 11″750
4 – Felix Rosenqvist (Dallara-Mercedes) – Mucke – 13″187
5 – Max Verstappen (Dallara-VW) – Van Amersfoort – 13″671
6 – Antonio Fuoco (Dallara-Mercedes) – Prema – 15″652
7 – Gustavo Menezes (Dallara-VW) – Van Amersfoort – 16″416
8 – Dennis Van de Laar (Dallara-Mercedes) – Prema – 20″375
9 – Jordan King (Dallara-VW) – Carlin – 20″970
10 – Lucas Auer (Dallara-Mercedes) – Mucke – 21″531

Final,prova 2:

1 – Antonio Fuoco (Dallara-Mercedes) – Prema – 22 voltas em 35’21″893
2 – Tom Blomqvist (Dallara-VW) – Carlin – 0″398
3 – Lucas Auer (Dallara-Mercedes) – Mucke – 1″845
4 – Max Verstappen (Dallara-VW) – Van Amersfoort – 3″778
5 – Gustavo Menezes (Dallara-VW) – Van Amersfoort – 4″684
6 – Edward Jones (Dallara-VW) – Carlin – 5″737
7 – Sean Gelael (Dallara-VW) – Carlin – 6″344
8 – Nicholas Latifi (Dallara-Mercedes) – Prema – 7″105
9 – Jules Szymkowiak (Dallara-VW) – Van Amersfoort – 7″831
10 – Alexander Toril (Dallara-Nissan) – T Sport – 8″624

Final, prova 3:

1 – Antonio Giovinazzi (Dallara-VW) – Carlin – 24 voltas em 36’13″881
2 – Tom Blomqvist (Dallara-VW) – Carlin – 3″151
3 – Lucas Auer (Dallara-Mercedes) – Mucke – 11″212
4 – Nicholas Latifi (Dallara-Mercedes) – Prema – 15″289
5 – Jake Dennis (Dallara-VW) – Carlin – 16″566
6 – Edward Jones (Dallara-VW) – Carlin – 17″344
7 – Jordan King (Dallara-VW) – Carlin – 17″679
8 – Gustavo Menezes (Dallara-VW) – Van Amersfoort – 18″393
9 – Tatiana Calderon (Dallara-Mercedes) – Mucke – 18″788
10 – Sean Gelael (Dallara-VW) – Carlin – 20″774

Campeonato:

1.Ocon 379; 2.Verstappen 285; 3.Blomqvist 269; 4.Auer 242; 5.Fuoco 195; 6.Dennis 152; 7.Rosenqvist 144; 8.King 142; 9.Giovinazzi 133; 10.Latifi 107.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *