FIA GT: Dupla Mike Hezemans/ Fabrizio Gollin vence em Adria

A dupla Mike Hezemans/ Fabrizio Gollin, num Corvette Z06 da Phoenix, venceu no sábado (21/06), a 3º etapa da temporada, em Adria, na Itália. A dupla Andrea Bertolini/ Michael Bartels, num Maserati MC12 da Vitaphone ficou em 2º, com a dupla Marcel Fässler/ Jean-Denis Deletraz, que largou na pole-position com um Corvette Z06 da Phoenix, completando os três primeiros. Todos da classe GT1.

A prova, disputada na noite de sábado, e com duas horas de duração, foi extremamente disputada com Hazemans/ Gollin, vencendo com pouco mais de nove segundos de vantagem para Bertolini/ Bartels.


O brasileiro Alexandre “Xandinho” Negrão teve um final de semana complicado, sofrendo três punições no decorrer da etapa. No treino de sexta-feira (20/06), seu parceiro no Maserati MC12 da Vitaphone, o português Miguel Ramos, se envolveu em um acidente, com a dupla sendo punida e perdendo cinco posições no grid, caindo da 4º para a 9º posição.


Na prova, devido à equipe Vitaphone ter utilizado o cobertor de pneus no grid, o que é proibido pelo regulamento, Xandinho foi obrigado a cumprir um drive-through. Depois um toque com o belga Anthony Kumpen, num Saleen S7R da Peka,, fez a dupla ficar treze voltas nos boxes para reparos, terminando a prova na 20º posição. Para completar, após a prova, o brasileiro foi chamado, junto com Kumpen, a direção da prova, e considerado culpado pelo acidente. O brasileiro perdeu cinco posições no grid da próxima etapa. E ficou revoltado com a punição.


Pela classe GT2 a vitória foi da dupla Toni Vilander/ Gianmaria Bruni, numa Ferrari 430 da AF Corse.


Na classe GT1 Bertolini/ Bartels dividem a liderança do campeonato com a dupla Christophe Bouchut/ Xavier Maassen, com 20 pontos.


Vilander/Bruni com 28 pontos são os lideres na classe GT2.


A próxima etapa acontece no dia 06 de julho em Oschersleben, na Alemanha.


Final:


1 – Hezemans-Gollin (Corvette Z06) – Phoenix – 96 voltas em 2’00’51”339
2 – Bertolini-Bartels (Maserati MC12) – Vitaphone – 9″435
3 – Fassler-Deletraz (Corvette Z06) – Phoenix – 12″333
4 – Bouchut-Maassen (Corvette Z06) – Selleslagh – 1’07″624
5 – Vosse-Franchi (Saleen S7R) – Larbre – 1’11″723
6 – Peter-Simonsen (Aston Martin DBR9) – Gigawave – 1 volta
7 – Ferte-Aucott (Maserati MC12) – JMB – 1 volta
8 – Vilander-Bruni (Ferrari 430) – AF – 3 voltas
9 – Biagi-Montanari (Ferrari 430) – AF – 3 voltas
10 – Malucelli-Ruberti (Ferrari 430) – Scuderia Italia – 3 voltas
11 – Babini-Davies (Ferrari 430) – Ecosse – 3 voltas
12 – Collard-Westbrook (Porsche 997) – Prospeed – 3 voltas
13 – Camathias-Rigon (Ferrari 430) – Scuderia Italia – 3 voltas
14 – Tuero-Lopez (Ferrari 550) – ACA Larbre – 4 voltas
15 – Russo-Companc (Ferrari 430) – Advanced – 4 voltas
16 – Niarchos-Mullen (Ferrari 430) – Ecosse – 4 voltas
17 – Moser-Del Monte (Ferrari 430) – Kessel – 5 voltas
18 – Ashburn-Williams (Porsche 997) – Trackspeed – 7 voltas
19 – Talkanitsa-Kaufmann (Corvette C5R) – AT – 8 voltas
20 – Ramos-Negrao (Maserati MC12) – Vitaphone – 13 voltas
21 – Forsten-Palttala (Porsche 997) – Prospeed – 14 voltas
22 – Hoyer-Muller (Aston Martin DBR9) – Jetalliance – 22 voltas
23 – Leinders-Kuppens (Gillet Vertigo) – Belgian – 52 voltas
24 – Wendlinger-Sharp (Aston Martin DBR9) – Jetalliance – 57 voltas
25 – Kirkaldy-Bell (Ferrari 430) – CR – 60 voltas
26 – Kumpen-Longin (Saleen S7R) – Peka – 85 voltas
27 – Piccini-Menten (Saleen S7R) – B-Racing – 88 voltas


Classificação:


GT1: 1. Bouchut/Maassen, Bertolini/Bartels 20 pontos; 3. Gollin/Hezemans 19; 4. Simonsen/Peter 15; 5. Wendlinger/Sharp 12.


GT2: 1. Vilander/Bruni 28 pontos; 2. Montanari/Biagi 19; 3. Ruberti/Malucelli 16; 4. Westbrook/Collard 13; 5. Kirkaldy/Bell, Babini/Davies 10; 7. Rigon/Camathias 8.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *