FIA GT: Melo é segundo nas 24 Horas de Spa e volta à liderança do Mundial

Brasileiro que também disputa American Le Mans aguarda para esta semana definição da Ferrari sobre o restante da temporada.


Jaime Melo Júnior voltou à liderança da categoria GT2 no Campeonato Mundial FIA GT. O piloto brasileiro, formando com o italiano Matteo Bobbi e com o monegasco Stephane Ortelli um dos trios da italiana AF Corse, terminou as 24 Horas de Spa-Francorchamps na segunda colocação, pilotando uma Ferrari 430 GT2 Maranello. A prova belga, encerrada na tarde do último domingo (30), contou pontos pela quarta etapa da temporada.

A vitória na classe GT2 das 24 Horas de Spa foi da outra Ferrari da AF Corse, que teve no comando o trio formado pelo finlandês Mika Salo, o português Rui Aguas e o alemão Timo Scheider. “Foi uma corrida excelente para a nossa equipe”, definiu Melo Júnior. Ele e Bobbi, com o resultado, retomaram a liderança na tabela de pontos. Somam 36, mesmo total alcançado por Salo e Aguas com a vitória – Ortelli e Scheider só atuaram pela equipe nesta etapa.

A equipe do brasileiro era líder da classe GT2 após a 12ª hora de corrida, o que lhe valeu pontuação extra. “Depois disso, nós tivemos um pneu furado. Com a necessidade de um pit stop extra, perdemos muito tempo. A outra Ferrari da AF Corse não teve nenhum problema e isso definiu o resultado da corrida”, resumiu Melo, que recebeu a bandeirada final, após 24 horas de corrida nos 6.968 metros de extensão do circuito, três voltas atrás do carro vencedor.

A volta à liderança do Mundial FIA GT pode determinar o futuro próximo do piloto brasileiro. Ele também defende a Ferrari na American Le Mans Series, na equipe Risi Competizione, e está em terceiro na classificação do campeonato dos Estados Unidos. “O mais provável é que, a partir de agora, a gente passe a fazer apenas um campeonato, mas essa é uma decisão que cabe à Ferrari. Talvez, saia uma definição ainda nesta semana”, revelou.

Na classificação geral, a vitória nas 24 Horas de Spa-Francorchamps foi do trio formado pelo belga Eric Van de Poele, pelo alemão Michael Bartels e pelo italiano Andrea Bertolini. Eles pilotaram a Maserati MC12 GT1 da alemã Vitaphone Racing, na categoria GT1.

O resultado final da corrida foi o seguinte:
1º) Van De Poele/Bartels/Bertolini, 589 voltas
Maserati MC12 GT1, categoria GT1

2º) Lemeret/Deletraz/Piccini/Fassler, a 1min41s5
Aston Martin DBR9, categoria GT1

3º) Longin/Kumpen/Hezemans/Mollekens, a 9 voltas
Corvette C6R, categoria GT1

4º) Pescatori/Babini/Enge/Kox, a 11 voltas
Aston Martin DBR9, categoria GT1

5º) Menten/Belloc/Bornhauser/Bouvy, a 24 voltas
Corvette C6R, categoria GT1

6º) Salo/Aguas/Scheider, a 29 voltas
Ferrari 430 GT2, categoria GT2

7º) Melo/Bobbi/Ortelli, a 32 voltas
Ferrari 430 GT2, categoria GT2

8º) Bert/Janis/Montermini/Charouz, a 25 voltas
Saleen S7R, categoria GT1

9º) Kinch/Kirkaldy/Franchitti, a 41 voltas
Ferrari 430 GT2, categoria GT2

10º) Bleekemolen/Kane/Crevels, a 48 voltas
Spyker C8 Spyder GT2 R, categoria GT2

11º) Kuismanen/Palttala/Dehez/Radermecker, a 59 voltas
Corvette C5R, categoria GT1

12º) Ried/Felbermayr Jr./Felbermayr/Reid, a 59 voltas
Porsche 996 GT3 RSR, categoria GT2

13º) Niarchos/Mullen/Simonsen, a 65 voltas
Ferrari 430 GT2, categoria GT2

14º) Luhr/Maassen/Thieman, a 71 voltas
Porsche 997 GT2, categoria G2

15º) Bernhard/Lieb/Lamy, a 77 voltas
Porsche 997 GT2, categoria G2

16º) Lambert/Lefort/Goossens/Duez, a 77 voltas
Porsche 996 GT3 RS, categoria GT2

17º) Chaillet/Nef/Deman/Geoffroy, a 78 voltas
Dodge Viper Comp, categoria G3

18º) Severin/Romero/Ligonnet/Sundberg, a 79 voltas
Ferrari 430 GT2, categoria GT2

19º) De Castro/Premoli/Barbaro, a 82 voltas
Porsche 996 GT3 RS, categoria GT2

20º) Duval/Kerkhove/Kelders/Nelissen-Grad, a 85 voltas
Porsche 997 GT3 Cup, categoria G3

21º) De Radigues/De Pawn/Van Den Hove/Belmondo, a 91 voltas
Ferrari 360 Modena, categoria G2

22º) Lichter-Hoyer/Gruber/Engelhorn/Furnal, a 97 voltas
BMW GTR M2, categoria G2

23º) Duqueine/Lesoudier/Rousselot/Wasover, a 105 voltas
Dodge Viper Comp, categoria G3

24º) Levy/Levy/Mitieus/Tremblay, a 108 voltas
Porsche 996 GT3 Cup, categoria G3

25º) Moccia/Busnelli/Mowlern, a 121 voltas
Porsche 996 GT3 RSR, categoria GT2

26º) Penders/Lamot/Hemroulle, a 125 voltas
Porsche GT3 RS, categoria G2

27º) Yvon/Stepec/Knapick/Muytjens, a 148 voltas
Chrysler Viper GTs-R, categoria G2

28º) Van Hover/Grouwels/Schell, a 152 voltas
Porsche 996 GT3 Cup, categoria G3

29º) Wendlinger/Peter/Bouchut/Lechner, a 176 voltas
Aston Martin DBR9, categoria GT1

NÃO COMPLETARAM
Vosse/Davies/Biagi, 2min15s0, a 44 voltas
Maserati MC12 GT1, categoria GT1

Soulet/Horlon/Hart/Buncombe, a 52 voltas
Corvette C5R, categoria GT1

Nozier/Brouard/Beau/Baron, a 55 voltas
Dodge Viper Comp, categoria G3

Reid/Khan/Van Splunteren/Dumarey, a 125 voltas
Dodge Viper Comp, categoria G3

Sugden/Alexander/Martin/Daoudi, a 133 voltas
Ferrari 430 GT2, categoria GT2

Collard/Riccitelli/Dumas, a 141 voltas
Porsche 996 GT3 RSR, categoria GT2

Gosse/Kutemann/Malcher, a 144 voltas
Ferrari 430 GT2, categoria GT2

Gollin/Ramos/Lancieri/Malucelli, a 179 voltas
Aston Martin DBR9, categoria GT1

Van Delm/Meert/Martin/Heymann, a 232 voltas
Porsche 996 RS Cup, categoria G3

Groppi/Seiler/Stancheris/Alessi, a 264 voltas
Aston Martin DBRS9, categoria G3

Kaufmann/Moro/Jurasz/O’young, a 307 voltas
Porsche 996 GT3 RSR, categoria GT2

De-Gastines/Haazebock/Cloet, a 388 voltas
Porsche 997 GT3 Cup, categoria G3

Gardel/De Simone/Drudi/Cioci, a 390 voltas
Ferrari 430 GT2, categoria GT2

Leinders/Kuppens/D’Ambrosio, a 546 voltas
Gillet Vertigo, categoria G2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *