FIA GT: Melo Júnior, campeão, terá novo parceiro em Dubai

Piloto brasileiro dividirá com o finlandês Toni Vilander a pilotagem da Ferrari 430 GT da AF Corse na prova deste sábado em Dubai.

Com o título da categoria GT2 assegurado por antecipação, Jaime Melo Júnior vive novos desafios neste fim de semana, na décima e última etapa do Campeonato Mundial FIA Gran Turismo. O piloto brasileiro da AF Corse define a corrida deste sábado (18) no circuito de Dubai, como a mais difícil da temporada, tendo por base em seus prognósticos as altas temperaturas desta época do ano no deserto dos Emirados Árabes Unidos onde foi construído o autódromo.


“Vamos correr sob uma temperatura de 35 ou 36 graus. Há dois anos, nós corremos aqui na metade de outubro, o calor era ainda mais forte, mas sei que vai ser uma condição extrema para os pilotos e para os carros”, diz Melo, que pilota a Ferrari 430 GT2 Maranello número 58. “A alta temperatura do deserto exige mais do preparo físico, o carro também absorve o desgaste, principalmente no sistema de freios. Nos preparamos para isso, tem tudo para dar certo”, acredita.


Melo Júnior participou das nove primeiras etapas formando dupla com Matteo Bobbi. No entanto, vê a possibilidade de ser, sozinho, o campeão de 2006. O piloto italiano foi afastado da equipe por decisão da Ferrari, em função de um acidente com outro carro da marca na prova que definiu a disputa do campeonato, no mês passado em Adria. Na prova deste sábado em Dubai, o piloto brasileiro terá como parceiro o finlandês Toni Vinlander.


“Se marcar um pontinho, sou o único campeão da GT2, mas essa não é a nossa preocupação. O título está garantido e o objetivo continua sendo a vitória”, afirma o piloto, que vê na localização da pista, no deserto, uma dificuldade extra. “Com o mínimo vento, a pista fica cheia de areia. Isso pode custar caro quando você sai do traçado, como numa situação de tráfego. É uma característica que vai exigir atenção redobrada. É igual para todos, pelo menos”, comenta.



NEVE NO DESERTO


À véspera de iniciarem a corrida de temperaturas mais altas do ano, os pilotos do Mundial experimentaram ares amenos nesta quinta-feira (16). Melo e outros 11 competidores visitaram o Ski Dubai, uma estação de esqui indoor com neve artificial, construída em meio ao deserto. “O local é fantástico, reproduziram com perfeição os detalhes de uma estação de esqui natural. É como se você estivesse numa montanha, esquiando, mesmo”, depôs o brasileiro.


A movimentação em pista para a etapa final do Mundial FIA GT terá início nesta sexta-feira (17), com sessões de treinos livres, às 3h30 e às 7h45 – cada sessão terá 90 minutos. O treino classificatório vai começar às 11h15 e terá 20 minutos de duração. A corrida de sábado terá largada às 8h30, para três horas de disputas. Todos os horários são referentes a Brasília, que no horário brasileiro de verão está situada seis horas atrás de Dubai na faixa de fusos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *