FIA GT: Piloto italiano é flagrado com cocaína

O piloto italiano Luca Moro, que corre no campeonato FIA GT, foi flagrado com cocaína em um exame antidoping, realizado após 24 horas de Spa-Francorchamps (Bélgica) e foi suspenso por dois anos, anunciou nesta segunda-feira a Federação Internacional de Automobilismo (FIA).


Nas mostras A e B tomadas nas últimas 24 Horas de Spa-Francorchamps (realizadas em 27 de julho de 2006), se detectou a presença de “benzoilecgonina”, principal metabólito da cocaína, sustância proibida pela Associação Mundial Antidoping (AMA).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *