FIA GT: Xandinho Negrão chega em segundo na Romênia

Em parceria com o português Miguel Ramos, o brasileiro Xandinho Negrão (Medley) terminou em segundo lugar a sétima etapa do FIA GT, uma das principais séries internacionais de turismo. A prova, disputada neste domingo no circuito urbano de Bucareste (Romênia), foi conquistada pelos suíços Marcel Fassler e Jean-Deniz Deletraz, que souberam aproveitar a pole garantida pela vitória da véspera na abertura da rodada dupla.

Xandinho comemorou mais uma ótima corrida, o terceiro pódio da temporada e a consolidação da vice-liderança do campeonato. Quarto no grid, na largada ele tomou a terceira posição do outro Maserati MC12 GT1 da Equipe Vitaphone conduzido pelo italiano Andrea Bertolini e partiu no encalço dos Corvette Z06 que ocupavam a primeira fila. “Deu para fazer o que era possível: tentar sair bem e aproveitar algum problema com os pilotos da frente. E foi o que acabou acontecendo”, explicou.

Durante seu turno, Xandinho andou praticamente colado no holandês Mike Hezemans. Já próximo do pit stop, para reabastecimento e troca de pneus e pilotos, a distância aumentou um pouco. “O câmbio começou a ficar duro de reduzir. Mesmo assim, mantive o ritmo. O rendimento do Corvette é que melhorou bastante”, comentou o campeão sul-americano de Fórmula 3 de 2004, que entregou o cockpit a Ramos com 19 segundos de vantagem sobre o quarto colocado.

Pouco depois de assumir o volante do Corvette, no entanto, o italiano Fabrizio Gollin acertou o muro e abandonou, abrindo caminho para os dois Maserati rumarem na direção do pódio. Nas últimas voltas, o alemão Michael Bartels conseguiu se aproximar perigosamente de Ramos. “Ele disse que a quinta marcha deixou de entrar, mas felizmente conseguiu levar o carro assim mesmo”, disse Xandinho.

A rodada dupla da Romênia foi a única nesse formato no calendário. Por isso, os pontos foram divididos por dois. Dessa forma, Xandinho e Ramos foram embora de Bucareste com mais 6,5 pontos. “Tem sido um bom ano. Faltam quatro provas e ainda temos condições de descontar essa diferença para os outros pilotos da Maserati”, avisou.

O resultado da 7ª etapa:

1 – Marcel Fassler-Jean Deniz Deletraz (Corvette Z06), 46 voltas em 1h00min56s962
2 – Xandinho Negrão-Miguel Ramos (Maserati MC12), a 9s964
3 – Andrea Bertolini-Michael Bartels (Maserati MC12), a 13s896
4 – Anthony Kumpen-Bert Longin (Saleen S7), a 24s321
5 – Phillip Peter-Allam Simonsen (Aston Martin DB9), a 33s792
6 – Xavier Maassen-Christophe Bouchut (Corvette Z06), a 38s684
7 – Peter Cox-Roman Rusinov (Lamborghini Murciélago), a 1min18s014
8 – Robbie Bell-Andrew Kirkaldy (Ferrari F430), a uma volta
9 – Toni Vilander-Gianmaria Bruni (Ferrari F430), a uma volta
10 – Richard Westbrook-Emmanuel Collard (Porsche 911 GT3), a uma volta

A nova classificação:

1 – Bertolini-Bartels, 50 pontos
2 – Xandinho-Ramos, 37,5
3 – Hezemans-Gollin, 34
4 – Deletraz-Fassler, 30,5
5 – Peter-Simonsen, 30
6 – Bouchut-Maassen, 26,5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *